segunda-feira, 21 de abril de 2008

Impossíveis possíveis

Lucas 18.35-42

Pois nada é impossível para Deus (Lc 1.37).

Um homem contava a um menino a história de Cristo curando o cego Bartimeu. Quando chegou ao ponto em que o Senhor pergunta ao cego: “Que queres que eu te faça?”, pergunta ao jovem amigo: “O que você pediria a Cristo se fosse o cego?” “Oh”, disse a criança, com semblante empolgado e olhos faiscantes, "eu pediria um lindo cachorro com coleira e corrente para me guiar”.
Esta história ilustra como em várias situações não enxergamos que Deus pode fazer muito mais do que pedimos ou pensamos.
O pensamento comum ensina a impossibilidade de mudança para muitos problemas e males da vida. O inimigo tenta nos convencer que para o nosso caso não existe esperança. Mas Deus nos ensina que para Ele não há impossíveis em todas as suas promessas.
A Bíblia apresenta, na vida de Jesus, milagres extraordinários em que Ele faz o que todos chamariam de impossível. Deus pode realizar o impossível em nossas vidas. Quando buscamos a Deus, o Deus dos impossíveis, nossa fé é fortalecida e passamos a experimentar o que antes era impossível.
É necessário estarmos atentos para não nos afastarmos de Deus. Quem se afasta de Deus está decretando a falência da fé, tornando impossíveis até mesmo as coisas simples de resolver.
Se existem muitos problemas, se não estamos enxergando as soluções de Deus, precisamos olhar para Deus, nos aproximar dEle, lembrando que Ele é onipotente, capaz de fazer o impossível em nossas vidas.
E você? O quem tem pedido a Jesus diante de seus problemas e limitações. O que você quer de Deus? Voltar a ver ou um cachorro com coleira? Freqüentemente nós pedimos o cachorro do homem cego ao invés da vista do homem que enxerga.
"Que queres que te faça? Respondeu ele: Senhor, que eu veja" (Lucas 18:41). Que esta seja a nossa resposta a Jesus diante dos “impossíveis”.

Ninguém pode questionar a capacidade de Deus em realizar o impossível.