segunda-feira, 21 de abril de 2008

Mudar o mundo

1 Coríntios 9.22-27

“Mas esmurro o meu corpo e o reduzo à escravidão, para que, tendo pregado a outros, não venha eu mesmo a ser desqualificado.” 1 Co 9.27

As palavras que seguem abaixo estão registradas em um túmulo em Londres:
"Quando eu era jovem, ingênuo e com uma imaginação sem limites, decidi que através da minha vida eu haveria de mudar o mundo. À medida que fui me tornando adulto e mais sábio, descobri que o mundo não poderia mudar; então reduzi a minha expectativa e decidi mudar apenas o meu país. Mas isso me pareceu uma tarefa pesada demais.
À medida que cresci ainda mais e, numa tentativa de desespero, então eu decidi mudar apenas a minha família, aqueles que estavam mais perto de mim, porém, eu não percebi nenhuma mudança. E agora deitado em meu leito de morte, de repente eu compreendi: SE EU APENAS TIVESSE MUDADO A MIM PRIMEIRO! Então pelo meu exemplo teria mudado a minha família. Através da inspiração e encorajamento deles eu teria sido capaz de mudar o meu país e quem sabe? Talvez tivesse mudado o mundo."
Aprendemos com esta história a necessidade de buscar em Deus uma vida nova. Buscar primeiro uma mudança em nossas atitudes, antes de cobrar e tentar mudar os outros.
A mudança que se processa em nós é transmitida aos outros. Nosso testemunho fala muito mais do que a sabedoria de nossas palavras. Quem fala pelo testemunho nem sempre precisa abrir a boca.
Não podemos ser como este homem que queria mudar o mundo, mas, não foi capaz de mudar a si mesmo. Que somente quando estava velho e doente percebeu a importância de uma vida com qualidade, que aproveita todas oportunidades de Deus para se tornar melhor e assim para fazer melhor os outros através da influência. São muitos os exemplos de pessoas que, através de uma vida dedicada, puderam de forma progressiva ajudar muitos outros.
Você pode influenciar a vida de muitas pessoas, mas que fique claro: você precisa mudar primeiro.

Atitude é a força para influenciar pessoas