terça-feira, 22 de abril de 2008

Vigiai

Marcos 13.32-37

Estejam vigilantes, mantenham-se firmes na fé, sejam homens de coragem, sejam fortes (1Co 16.13).

Os serviços de vigilância para carros e casas estão cada vez mais especializados. Hoje temos vários tipos de alarmes, travas, escutas, câmeras, monitoramento via satélite etc. As pessoas têm buscado cada vez mais este tipo de coisas, mas não estão sendo tão cuidadosas em vigiar, suas ações, seus pensamentos e sua maneira de viver.
Não é sábio guardar tão bem os bens perecíveis e deixar de zelar pela sua vida e sua alma. Quem se mantem vigilante nas coisas espirituais está se preparado para a 2ª vinda do Senhor Jesus.
As pessoas se interessam em saber sobre a segunda vinda de Jesus, como será, o que irá acontecer, quais os sinais estarão ocorrendo. Só esquecem a principal mensagem de Jesus, a ordem de vigiar, pois não se sabem quando será este dia.
Vigiar é mais que um desafio. É um grande privilégio e pode ser feito com alegria. A motivação para vigiar está na importância do esperado. A maior motivação que temos é saber que a recompensa de quem permanece vigilante é se encontrar com o Senhor no dia da conquista da glória celeste.
O que é vigiar? Como vigiar? Vigiar nada mais é do que, desde já, esperar e se preparar para este dia do encontro com Deus. Fazemos isso orando e seguindo os ensinos da Bíblia que é a Palavra de Deus.
Quando alguém vai para um país distante, se esforça por aprender a língua deste país, saber dos seus costumes, da alimentação, da cultura de onde irá morar. Vive em seu país, mas a sua mente já está em sua nova morada. Suas atitudes são de quem não vai ficar por muito tempo onde mora.
O cidadão dos céus, mesmo ainda aqui na terra, quer saber primeiro das coisas do céu. Tem sua mente e coração nas coisas de Deus.
É importante refletir se não estamos preocupados com a segurança neste mundo, esquecendo-nos de vigiar a nossa vida com Deus. É necessária uma postura sempre vigilante até a vinda de Jesus.

Atenção! Jesus voltará. Vigiai.