sábado, 21 de junho de 2008

É possível

Gênesis 18.9-15

Jesus olhou para eles e respondeu: “Para o homem é impossível, mas para Deus todas as coisas são possíveis” (Mt 19.26).

O problema que está diante de nós pode ser resolvido e resolvido de uma forma muito melhor do que nós esperamos e desejamos. Abraão e Sara não tinham filhos e já eram velhos quando Deus enviou anjos para lhes dar a notícia: dentro de um ano nasceria o tão esperado herdeiro. A reação de Sara a está notícia foi de incredulidade. Diz o texto que ela sorriu, duvidando que, com a avançada idade que tinha, poderia engravidar. O anjo do Senhor disse a Sara: Existe alguma coisa impossível para o SENHOR?
Podemos ter certeza de que Deus é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo que pedimos e pensamos (Ef 3.20). Não há impossíveis para Deus. Quando conhecemos a Deus podemos ter certeza que nossa causa está diante dele.
Nós, inúmeras vezes, no lugar de acreditar na solução de Deus, aumentamos o tamanho de nosso problema. Por exemplo, quando sentimos uma dor qualquer, já ficamos preocupados, imaginamos que é uma doença grave, pensamos que será necessária uma cirurgia, nos preocupamos com nosso emprego e com nossa família que vai ficar desamparada. Ficamos em um clima de pessimismo total, desânimo e desesperança. De repente a dor era apenas um mau jeito qualquer.
Mesmo se estivermos passando por problemas muito sérios, no lugar de olhar para o tamanho do problema devemos olhar para a grandiosidade do nosso Deus. Devemos observar o grande poder de Deus, que é infinito, eterno, imutável, criador e preservador da vida. Mesmo se andarmos por um vale de trevas e morte, não é preciso temer perigo algum, pois temos Deus ao nosso lado. Ele nos faz repousar em pastos verdejantes, junto das águas de descanso.
Nós somos alvo do poder de Deus. O seu poder opera em nós. Se tivermos fé, podemos experimentar deste poder em nossa vida, não apenas para realizarmos os nossos desejos, mas para vivermos de forma a agradar a Deus e fazer sua vontade.

Crer é melhor que padecer.