terça-feira, 27 de abril de 2010

Amar a Si

Marcos 12.28-34

Antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo (Ef 4.15).

O grande mandamento diz que devemos amar a Deus e ao nosso próximo. De todos os mandamentos este é o maior. “Ame o Senhor, o seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma, de todo o seu entendimento e de todas as suas forças. Ame o seu próximo como a si mesmo”. Mas como vou amar a Deus se não consigo amar nem as pessoas com quem convivo? E como amar as pessoas se não amo nem a mim mesmo?
Quando uma pessoa ama a si mesmo pode tratar o próximo com o mesmo cuidado. E quem ama ao seu próximo pode melhor amar a Deus.
Muitos não amam ao seu próximo e estão distantes de Deus, pois não amam a si mesmos. Quem não ama a si mesmo, vai refletir essa falta de amor em todos os seus relacionamentos.
Amar a si mesmo pode ser mais difícil do que imaginamos. Temos que conviver conosco todos os dias, o tempo todo. Conviver com nosso mau humor, nossas dores, desejos, indisposições. Muitas coisas que fazemos mostram que não amamos a nós mesmo como deveríamos. Para amar a si mesmo é preciso tomar atitudes que demonstram este amor.
Quem ama a si mesmo deve negar a si mesmo, não atendendo aos seus maus desejos e cedendo ao pecado. Quanto menos princípios têm uma pessoa, menos ela ama a si mesmo. A entrega aos muitos desejos é um grande mal revestido de fantasias.
Quem ama a si mesmo sabe reconhecer suas verdadeiras necessidades. Consegue pensar em si mesmo sem ser egoísta. Sabe que precisa descansar, comer, se arrumar, se tratar com responsabilidade
Quem ama a si mesmo não vive se culpando e se condenando, sabe perdoar a si mesmo. Quando erra tem uma autocrítica sincera. Examina a si mesmo, reconhece seus erros e acertos, pede perdão a Deus por seus pecados.
Quem ama a si mesmo alimenta sua alma com a Palavra de Deus, meditando seus ensinamentos no coração.
Quem ama si mesmo vai amar seu próximo com respeito e a Deus com toda a sua força.

Quem ama a si mesmo corretamente, aprendeu a amar.