segunda-feira, 27 de junho de 2011

Aúdio MP3 - Dia 26/06/2011

Igreja Presbiteriana Central de Ceres
Rev. Hebert dos Santos Gonçalves
Tema: Como vencer o deserto da solidão
Texto: Sl 33.13-22
Download do arquivo aqui
Outras mensagens: http://www.hebert.com.br/p/audio.html
Veja abaixo o esboço usado





Salmo 33.13-22

13 O SENHOR olha dos céus; vê todos os filhos dos homens; 14 do lugar de sua morada, observa todos os moradores da terra,  15 ele, que forma o coração de todos eles, que contempla todas as suas obras.  16 Não há rei que se salve com o poder dos seus exércitos; nem por sua muita força se livra o valente.  17 O cavalo não garante vitória; a despeito de sua grande força, a ninguém pode livrar.  18 Eis que os olhos do SENHOR estão sobre os que o temem, sobre os que esperam na sua misericórdia, 19 para livrar-lhes a alma da morte, e, no tempo da fome, conservar-lhes a vida.  20 Nossa alma espera no SENHOR, nosso auxílio e escudo.  21 Nele, o nosso coração se alegra, pois confiamos no seu santo nome.  22 Seja sobre nós, SENHOR, a tua misericórdia, como de ti esperamos.

Os super-heróis dos quadrinhos sempre despertam atenção.

Se você pudesse ter um dos poderes dos super-heróis qual você escolheria?

Super Homem, Mulher elástico,

Entre os poderes, acho interessante a capacidade da invisibilidade.

Em um dos mais recentes filmes de Super-heróis, o “Quarteto Fantástico”, um dos personagens é a Mulher Invisível. Ela é capaz de desviar a luz ficando invisível e pode deixar qualquer outra coisa invisível.

Destaco a invisibilidade, pois mesmo sabendo de sua impossibilidade, parece que tentamos fazer de conta que possuímos este poder.

Ficamos invisíveis quando deixamos de expressar nossa opinião em uma roda de amigos.

Ficamos invisíveis quando nos escondemos em nossa casa de algum compromisso.

Achamos que estamos invisíveis quando pecamos e ninguém está nos vendo.
O Senhor vê os caminhos do homem e examina todos os seus passos. (Pv 5.21)

O pior acontece quando os outros nos tornam invisíveis.
Quando nos sentimos invisíveis, solitários, desprezados.



SOLIDÃO NO DESERTO
Isso ocorre quando, mesmo cercados de muita gente, parece que ninguém se importa conosco.

Ninguém ouve o que falamos, nem se preocupa com o que estamos sentindo.

Quando alguns nos enxergam apenas para nos criticar.
Isso ocorre quando precisamos de ajuda e sentimos que ninguém pode nos ajudar, não enxergamos ninguém a altura.

Nos sentimos sozinhos na solidão do deserto
Nos sentimos abandonados

Acredito que a solidão, este sentimento de desprezo, esta carência é um grande deserto na vida de cada pessoa.

Não existe ninguém que não questionou sua importância para o mundo, para as pessoas, para a sua igreja, para o seu trabalho.

Falamos e parece que ninguém presta atenção
Ficamos tristes porque parece que tudo de bom que você constrói ninguém vê.
E quando você faz algo errado todos os olhos se voltam para você.

Todos nós em algum momento paramos e nos sentimos meio invisíveis e até mesmo desprezados.   

Em nossa caminhada nos sentimos muitas vezes desamparados

Não conseguimos nem mesmo perceber que Deus está presente



Como vencer o deserto da solidão


Encontrando com Deus no deserto da solidão

Na Bíblia encontramos algumas pessoas que se sentiram invisíveis. Eles clamaram a Deus na sua dor.

Jeremias disse: “Lembra-te, SENHOR, do que tem acontecido conosco; olha e vê a nossa desgraça” (Lm 5.1).

Davi disse: “Olha para a minha direita e vê; ninguém se preocupa comigo. Não tenho abrigo seguro; ninguém se importa com a minha vida” (Sl 142.4).
Davi disse: “Tu és o meu refúgio; és tudo o que tenho na terra dos viventes” (Sl 142.5).

Mesmo em sua dor, Davi e Jeremias reconheceram que a presença de Deus é capaz de suprir a ausência e o desprezo das pessoas.

Esquecemos que Deus tudo vê e que acompanha nossa vida de perto
13 O SENHOR olha dos céus; vê todos os filhos dos homens;  14 do lugar de sua morada, observa todos os moradores da terra,  15 ele, que forma o coração de todos eles, que contempla todas as suas obras. 

Esquecemos que para Deus não existe ninguém invisível, nada e desconhecido para o Deus onisciente.

Deus vê toda a humanidade. 



Não somos invisíveis para Deus.

Nossos problemas estão diante dele.

Jó 35:14 Jó, ainda que dizes que não o vês, a tua causa está diante dele; por isso, espera nele.

O Senhor protege os que o temem, aqueles que têm esperança em seu amor.

O livramento de Deus é uma realidade até mesmo em tempos de maior desespero.

Nesta confiança alegre o seu coração. O Deus invisível te coloca em destaque.  




Como vencer o deserto da solidão


Nos despertando para o poder da oração

Se sabemos que ele nos vê e nos ouve devemos clamar a ele como Davi

Livro de Max Lucado – Dias melhores virão
Na tempestade, oramos

 “Mandaram, pois, as irmãs de Lazaro dizer a Jesus: Senhor, está enfermo aquele a quem amas” (Jo 11.13).

Não baseou seu apelo no amor imperfeito de quem estava necessitado, mas no amor perfeito do Salvador.

Devemos lembrar que somos importantes para Deus e na dificuldade dizer:
Teu filho precisa de ti. Aquele que Deus amou de tal maneira precisa de ti.

Salmo 33.20 Nossa alma espera no SENHOR, nosso auxílio e escudo. 

O poder da oração, não depende daquele que faz a oração, mas daquele que a escuta. (Deus ouve a oração...). 

Deus ouve e responde a oração –
Com Deus nunca estamos sozinhos
A oração é uma conversa que espanta a solidão

Vivemos em um mundo barulhento. Conseguir a atenção de alguém não é tarefa fácil.
Também temos dificuldade de dar atenção aos outros. Ouvir alguém pregar, contar suas histórias, mostrar seu conhecimento...

A pessoa deve estar disposta a por tudo de lado para ouvir: abaixar o rádio, afastar-se do monitor, dobrar a beira da página e deixar o livro de lado. Quando alguém está disposto a silenciar qualquer outra coisa para poder nos ouvir claramente, isso é um privilégio.
Na verdade um raro privilégio.

Isso nos da um sentimento de solidão -

Por isso a mensagem de João é importante. Você pode conversar com Deus porque ele ouve. A sua voz é importante no céu. Ele o leva muito a sério. Não precisa ficar com medo de ser ignorado.

Ele ouve a súplica dos idosos, dos prisioneiros, das mães, dos alcoólatras, dos adúlteros, do empresário, do pastor, do médico, Deus ouve.

Quando oramos - Jesus vem ao nosso encontro
Isso é garantia de cura e companhia
  



Como vencer o deserto da solidão


Tendo ações que visam agradar a Deus em primeiro lugar.

Sl 33 18 Eis que os olhos do SENHOR estão sobre os que o temem,

Colossians  3:17   17 E tudo o que fizerdes, seja em palavra, seja em ação, fazei-o em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai.

Fazer em nome de Jesus -

Ephesians 5:22  As mulheres sejam submissas ao seu próprio marido, como ao Senhor;

Ephesians 6:1  ARA Ephesians 6:1 Filhos, obedecei a vossos pais no Senhor, pois isto é justo.

Colossians 1:18  18 Ele é a cabeça do corpo, da igreja.

Não trabalhamos para as pessoas, trabalhamos para Deus. Somos mordomos de Deus

As pessoas são importantes, com elas que nos relacionamos, mas nosso alvo principal deve ser agradar a Deus.  

Com os olhos no pai - É duas vezes melhor para nós pensarmos em Deus do que pensarmos em qualquer outra pessoa ou coisa. Quanto mais focados estivermos nas coisas lá do alto, mais inspirados estaremos aqui na terra. Max Lucado

## Quanto mais vivemos  com o foco em agradar a Deus melhor vamos nos relacionar e agradar as pessoas realmente.

Psalm 37:3-6  3 Confia no SENHOR e faze o bem; habita na terra e alimenta-te da verdade.   5 Entrega o teu caminho ao SENHOR, confia nele, e o mais ele fará.  6 Fará sobressair a tua justiça como a luz e o teu direito, como o sol ao meio-dia.

## Quanto mais agradamos a Deus mais satisfeitos estaremos menos necessitados da atenção dos outros.

Psalm 37:3-6  3 Confia no SENHOR e faze o bem; habita na terra e alimenta-te da verdade.  4 Agrada-te do SENHOR, e ele satisfará os desejos do teu coração. 

## E mesmo se alguém nos perseguir estaremos contentes

Matthew 5:11-12   11 Bem-aventurados sois quando, por minha causa, vos injuriarem, e vos perseguirem, e, mentindo, disserem todo mal contra vós.  12 Regozijai-vos e exultai, porque é grande o vosso galardão nos céus;



Como vencer o deserto da solidão
Encontrando a paz do perdão no lugar do gosto amargo da vingança


Livro de Max Lucado – Dias melhores virão
O Gosto amargo da vingança

Quando somos magoados ou ofendidos, não demora muito para que nos vejamos querendo acertar as contas com aqueles que estão em dívida conosco.

Não há alguém que lhe deva algo? Uma desculpa? Uma segunda chance? Um novo começo? Uma explicação? Um agradecimento?

O que você vai fazer com os que estão em dívida com você?

Jesus disse: “Pois se perdoarem as ofensas uns dos outros, o pai celestial também lhes perdoará. Mas se não perdoarem uns aos outros, o pai celestial não lhes perdoará as ofensas” (Mt 6.14-15)

Jesus não questiona a realidade das suas feridas. A questão é o que você vai fazer com suas dívidas?

“O ressentimento mata o insensato” (Jó 5.2)

Ao tentar se vingar você se machuca. (Ex. A mina)

Você quer paz perdoe seu próximo e seu inimigo.

Você que solidão e perseguição tente consertar os outros sem perceber que as mudanças devem começar em você.  

Quanto mais agimos em defesa própria nos justificando e acusando as pessoas mais vamos ficar solitários e mais seremos alvo de perseguição.

Quanto mais buscamos perdoar seremos perdoados por Deus e também pelo nosso próximo.

Veja como uma pequena atitude de amor pode ser importante. Um sorriso, um pedaço de bolo pode fazer alguém gostar muito de você.

Veja como uma pequena atitude de ressentimento pode ser desastrosa. Uma cara de raiva, de nojo, um olhar de reprovação, uma palavra mal dita, um esquecimento de uma data importante pode fazer alguém se afastar de você.