quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Dia da Bíblia - Meditação


Sociedade Bíblica do Brasil 
Dia da Bíblia 2011 – A Bíblia para o Jovem
Por Rev. Erní Seibert - Secretário de Comunicação e Ação Social da SBB
Lembre de Deus em tudo o que fizer, e ele lhe mostrará o caminho certo (Provérbios 3.6).


O tema do Dia da Bíblia deste ano une duas palavras Bíblia e jovem. De um lado está um dos livros mais antigos da humanidade, que continua com as mais altas tiragens que um livro pode ter. De outro está uma faixa etária que, em si, não tem nada a ver com antiguidade. É a faixa etária que vem logo depois da infância. É o começo da vida adulta. Por que unir estes dois temas?

Se alguém quiser ajudar o jovem a andar no caminho da felicidade, nada melhor  do  que dirigi-lo para Deus. É isso que o versículo 6, do capítulo 3, do Livro de Provérbios, diz: “Lembre de Deus em tudo o que fizer, e ele lhe mostrará o caminho certo.” 

Quais são os conselhos que duram para a vida toda? Quais os ensinamentos que são mais úteis para enfrentar as dificuldades da vida?

Lembre-se de Deus 
Numa cidade do interior de nosso  País  houve uma reunião de professores. O assunto em discussão era se deveria ou não haver ensino religioso na escola. Uma professora mais experiente contou uma história. Ela disse que estava  em um terminal de ônibus, quando um ex-aluno aproximou-se para cumprimentá-la. Ela não  o reconheceu de imediato. Mas ele cumprimentou-a, identificou-se, e dirigiu-lhe palavras de gratidão pelos ensinamentos que ela havia lhe dado em sua juventude. A professora, curiosa, perguntou quais os ensinamentos que ela deu que lhe foram mais úteis para a vida?

Qual foi a resposta deste jovem? Muitos pais, quando escolhem uma escola, querem que ela seja muito boa para preparar  seu filho para o vestibular. Ela deve ensinar Matemática, Português, Ciências? Ela deve ser boa em História e Geografia? Muitos alunos acham que essas são as matérias mais importantes para se progredir na vida. No entanto, este jovem, diante da sua professora, disse o seguinte: “Sabe,  professora, foi muito importante para mim o que você me ensinou nas aulas de Matemática,  Português e Ciências. Tudo me foi útil. Mas, nos momentos mais difíceis da minha vida, o que me ajudou a seguir em frente foram as aulas de Ensino Religioso, por meio das quais aprendi a confiar em Deus.”

O texto bíblico, lema do Dia da Bíblia deste ano, diz exatamente a mesma coisa: “Lembre-se de Deus em tudo o que fizer”. Lembrar de Deus. Lembrar é estar vivo na memória. Como alguém pode se lembrar de Deus? Tornando Deus presente em sua memória. A maneira mais simples de fazer isso é tendo contato constante com a Palavra de Deus. É seguir o conselho – “Leia a Bíblia”. 

Seria a Bíblia um livro interessante para a juventude? Se mostrarmos um livro do tamanho da Bíblia aos jovens e perguntarmos quem se interessa por ler um livro desse tamanho, a maioria não mostrará grande interesse. Mas, se considerarmos que a Bíblia é uma biblioteca, que contém algumas dezenas de livros, poderemos fazer uma abordagem diferente. Quem gostaria de ler um livro  que contém poesias  que, ao invés  de rimar palavras, rimam ideias? Este livro é o Livro dos Salmos. Desafie o jovem a descobrir algumas das rimas que estão presentes nos Salmos. Eles irão gostar da ideia. 

Desafie o jovem a ler um livro em que os amigos tentam convencer um pobre coitado que ele está sofrendo porque fez algo errado. No entanto, este pobre coitado não concorda e nem Deus concorda com os amigos. Este livro é o livro de Jó. 

Desafie o jovem a ler um evangelho e descobrir como o ensinamento de Jesus causaria uma enorme revolução no mundo contemporâneo. A Bíblia é um livro interessantíssimo de se ler. E se lermos constantemente a Bíblia, não nos esqueceremos de Deus. Deus estará presente em nossa memória.


Em tudo o que fizer 

O segundo conselho que o texto nos dá é que Deus seja lembrado em tudo o que fizermos. 
Muitas pessoas acreditam que Deus deve ser lembrado nas igrejas, na hora das celebrações.
Deus, por vezes, é esquecido em muitas atividades humanas. Seria bom  lembrarmos de Deus, quando estamos em nosso quarto e nas atividades que lá desenvolvemos, a sós.  Seria bom lembrarmos de Deus em nosso trabalho e na maneira como fazemos negócios. Seria bom lembrarmos de Deus na política. Seria bom lembrarmos de Deus na escola. Seria bom lembrarmos de Deus na hora do lazer. Quanta coisa seria diferente em nosso mundo, se lembrássemos de Deus em tudo o que fazemos. Acredito que seria muito melhor.

Há alguns anos,  surgiu um movimento que aconselhava as pessoas  a  fazerem a seguinte pergunta antes de tomarem uma decisão: “Em meu lugar, o que Jesus decidiria?” Com essa pergunta, acreditava-se que as pessoas tomariam melhores decisões. Jesus estaria sendo lembrado em tudo o que fosse feito.

Olhando para Jesus, vemos alguns dos princípios que norteavam suas decisões. Jesus sempre queria fazer a vontade do Pai. Jesus sempre decidia com amor. Jesus sempre queria o bem dos outros. Foi por isso que Jesus cumpriu a lei em nosso lugar. Foi por isso que Jesus levou sobre si as culpas de toda a humanidade ao sofrer e morrer. Foi para que todos tivessem esperança de salvação,que Jesus venceu a morte e pediu que seu evangelho fosse anunciado.

Lembrar de Deus em tudo o que fazemos irá mudar nossa maneira de ver a vida e de resolver os problemas. Para um jovem, lembrar de Deus em tudo o que ele fizer é um belíssimo conselho, que irá conduzi-lo pelo caminho da felicidade.



Ele lhe mostrará o caminho certo 

Se lembrarmos de Deus em tudo o que fizermos, a promessa que o texto bíblico nos apresenta é que Deus nos mostrará o caminho certo. 

O que é certo e errado? Esta dúvida sobre  o que é certo e o que é errado acompanha a história da humanidade. Quando  Jesus esteve diante do governador Pilatos, sendo julgado, ele afirmou que veio dar testemunho da verdade. Pilatos perguntou: “O que é a verdade” (João 18.37-38). Existe verdade? Existe certo e errado? Tudo isso não depende da ideia de cada pessoa? Rejeitar a ideia de que o certo e o errado existem parece ser adequado para os nossos dias. No entanto, não é isso que se aprende com Deus.

A Bíblia nos ensina que há certo e errado. E Deus promete que, se lembrarmos de Deus em tudo o que fizermos, ele nos mostrará o caminho certo. 

A experiência humana sabe que há o caminho certo e também o  errado. O caminho das drogas leva a dificuldades e até mesmo  à morte. É um caminho errado. O caminho da corrupção prejudica muitas pessoas e  leva  quem o trilha à desgraça. Há caminhos errados. Deus quer que andemos no caminho certo. Ele quer nos ajudar a andar no caminho dele.

A Bíblia é um livro que nos ensina o caminho de Deus. Ela é um livro  excelente para  crianças, para jovens, para adultos e para velhos. Ela é um livro para todos. Lembrar disso nos faz bem e faz bem para a sociedade.

Por isso, celebramos o Dia da Bíblia. Milhares de jovens encontram orientação e esperança para a vida lendo a Bíblia. São os testemunhos, que podemos conferir, dos inúmeros beneficiados dos programas sociais e evangelísticos mantidos pelas entidades sociais e igrejas, e apoiados pela Sociedade Bíblica do Brasil. Por isso, Deus seja louvado. Sua Palavra seja mais e mais lembrada e o Dia da Bíblia seja celebrado com entusiasmo.