sábado, 1 de outubro de 2016

Ampliando a gratidão

Salmo 92.1-4

Dêem graças em todas as circunstâncias, pois esta é a vontade de Deus para vocês em Cristo Jesus. I Ts 5.18

Gratidão é vida. Quando a deixamos estamos deixando de viver. Um grande benefício da gratidão é dar qualidade de vida a nós. Quem agradece se fortalece, sua história tem maior brilho. 
Podemos ampliar a gratidão fazendo uso completo das coisas pelas quais temos sido abençoados. É muito comum ser agradecido quando recebemos um livramento ou uma bênção, mas tão comum também é rapidamente cessar esta gratidão, mesmo na continuidade da benção.  Isso acontece porque guardamos a bênção no porão do esquecimento. Com facilidade tiramos o foco de muitas coisas boas que estão em nossa vida e fixamos os nossos olhos nos problemas. E realmente, como tudo aquilo que você focaliza passa a crescer, os problemas parecem dominar sobre tudo. Quando focalizamos no que é negativo, a tendência é colocar uma lente de aumento nos problemas, enxergando-os maiores do que eles já são. Começamos a lamentar pelas coisas negativas esquecendo rapidamente das coisas positivas que estão tão perto.    
É preciso mudar a direção dos nosso olhos, olhar para as bênçãos e gastar tempo em desfrutá-las. Não é preciso ampliá-las, elas são grandes mesmo quando as vemos pequenas. O que não podemos é limitá-las, aprisioná-las, fazer de conta que elas não existem. Busque ser grato mesmo em meio a dificuldades. Saiba que mesmo nos problemas você ira encontrar algo de positivo, um motivo para agradecer. Quando Paulo diz “em tudo dai graças”, antes de ser uma sugestão, é uma ordem que devemos cumprir. Ele diz que não devemos lamentar pelos acontecimentos, pois tudo o que acontece faz parte da vontade de Deus em nossa vida. 
Que bom é acordar cedo e render graças ao Senhor por tudo que temos, pela fidelidade e misericórdia de Deus que se renova mais uma manhã. Que bom será se conseguirmos  passar o dia todo sem uma só reclamação. Faça isso neste dia. 


A gratidão é o maior tesouro e pode estar escondido em algum lugar na sua vida.