terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Trabalhe com Deus

1 Timóteo 1.12-17

Mas, pela graça de Deus, sou o que sou; e a sua graça, que me foi concedida, não se tornou vã; antes, trabalhei muito mais do que todos eles; todavia, não eu, mas a graça de Deus comigo (I Co 15.10)

O trabalho do Senhor é sempre o melhor que podemos fazer. Quem se dedica na obra de Deus não perde tempo, está se ocupando com a melhor e principal atividade que existe. Algumas pessoas não querem se envolver devido à grandeza desta obra. Não se consideram dignos, capazes de estar na liderança de uma obra tão santa e importante. 
O testemunho de Paulo é muito oportuno, mostrando quanto este pensamento é errado. Paulo, antes de sua conversão, foi um perseguidor da igreja (Atos 26.10-12). Ele mesmo contou que prendeu, castigou, obrigou pessoas a blasfemarem e era a favor da morte dos cristãos.  Mas Paulo, depois da conversão, foi um servo de Deus que muito trabalhou, foi perseguido, mas nunca desistiu. (2 Coríntios 11.23b-27). 
Paulo sabia muito bem que seria o último a ser considerado digno do ministério. Mas isso não foi empecilho para ele não trabalhar. Quando olhamos para nós, pensamos: como Deus pode usar um pecador como eu?  Mas a questão é: Se Deus pode usar Paulo, porque não usaria qualquer um de nós? Se Deus usou prostitutas, assassinos, adúlteros na sua obra, porque não um de nós?
Deus nos faz instrumentos para seu trabalho. Como Deus faz isso? Através da sua maravilhosa graça. A graça de Deus trabalhou na vida de Paulo. Ele disse: “Pela graça de Deus eu sou o que sou...Trabalhei muito mais do que todos eles; todavia, não eu, mas a graça de Deus comigo” (I Co 15.10).
Não podemos nos concentrar em nós mesmos. Se somos capacitados ou se somos dignos do chamado de Deus, precisamos nos concentrar no que Deus pode fazer na vida daqueles que ele chama para o seu trabalho. A vida de Paulo foi totalmente transformada. Deus trabalhou na sua vida para que ele pudesse trabalhar na sua obra. E a partir do seu chamado, sua ambição foi transformada. 



Não podemos trabalhar para Deus se não trabalharmos com Deus.