sábado, 18 de fevereiro de 2017

Melodia Divina

João 5.24-29

Em verdade, em verdade vos digo: quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou tem a vida eterna, não entra em juízo, mas passou da morte para a vida” (Jo 5.24).

João escutou seu professor perguntando a seus amigos qual era a mais bela melodia na Terra.
- O som da flauta – disse um.
- O canto dos pássaros – respondeu outro.
- A voz de uma mulher – comentou o terceiro.
Conversaram a noite inteira, sem chegar a qualquer conclusão. Dias depois, João convidou o seu professor e seus amigos para jantar. No salão, a melhor orquestra do mundo tocou lindas canções, mas não havia comida na mesa. Perto de meia-noite, quando todos estavam morrendo de fome, João serviu um refinado banquete.
- Que som divino é o tilintar de pratos e talheres, depois de tantas horas sem comer - comentou o professor.
- Estou respondendo sua pergunta sobre a mais bela melodia da terra, respondeu João. - Pode ser a voz da mulher amada, o canto dos pássaros, o tilintar de pratos, a respiração da pessoa querida; mas sempre será o som que nosso coração precisa escutar naquele momento.
Não sei o que tem atraído o seus ouvidos, mas a melodia mais linda que o homem poderá ouvir será no dia em que Deus dirá aos seus filhos: “Venham, vocês que são abençoados pelo meu Pai! Venham e recebam o Reino que o meu Pai preparou para vocês desde a criação do mundo” (Mt 25.24). 


Em cada momento Deus tem uma melodia especial para nossa vida.