domingo, 12 de março de 2017

Ser testemunha

Hebreus 12.1-3

Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judeia e Samaria e até aos confins da terra” (At 1.8).

Os termos “testemunha, testemunhar e testemunho”, primeiramente têm conotação jurídica. Testemunha é a pessoa que tem conhecimento de fatos determinados, face aos quais se posicionou como “testemunha”. Em Atos, são testemunhas de Jesus Cristo aqueles que ele designou para testemunhar das coisas que tinham visto e ouvido. Por meio da fé e do testemunho da palavra de Deus, nós somos testemunhas da verdade que aprendemos. Confessamos Jesus como nosso Salvador e Senhor, com nossa boca e nosso viver testemunhamos esta verdade. 
Precisamos responder este desafio com compromisso. “Ser testemunha não é opção, mas uma ordem a obedecer. Se pertencemos a ele, somos suas testemunhas, onde quer que formos ou ficarmos. Ser do reino é estar comprometido com o Senhor Jesus no mundo perdido, 24 horas por dia e sete dias por semana” (Rev. Wilson de Souza Lopes). Ser testemunha de Cristo envolve vida comprometida com Cristo, envolvimento com a evangelização pessoal, cuidado com o estilo de vida que temos. Sempre consciente da responsabilidade da integridade do conteúdo do testemunho. A testemunha de Cristo fala a verdade conforme a palavra de Deus ensina. Não pode ser uma testemunha que fala o que acha ser a verdade, uma testemunha que não conhece sobre o que está falando.


Testemunhar é um grande privilégio, não se cale.