sábado, 29 de abril de 2017

Vem Senhor

Apocalipse 22.6-10

“O Espírito e a noiva dizem: Vem! Aquele que ouve, diga: Vem! Aquele que tem sede venha, e quem quiser receba de graça a água da vida” (Ap 22.17).

O livro de Apocalipse termina com uma promessa maravilhosa: “Eis que venho sem demora”. A promessa de Deus é que chegará o dia do julgamento final. O grande encontro com Deus. O dia da condenação e o dia da salvação. 
Este anúncio de Deus deve ser para nós um alerta para buscá-lo mais. Bem-aventurado aquele que guarda as palavras ensinadas por Deus. A promessa da vinda de Jesus sem demora mostra que devemos viver sempre na expectativa da vinda iminente do Senhor. Ninguém sabe o dia nem a hora (Mt 24.36). 
Este anúncio deve gerar em nós expectativa e desejo de que este dia logo chegue. O texto diz: “Aquele que ouve, diga: Vem!” Quando ouvimos esta promessa e quando nos lembramos dela, devemos dizer: Vem, Senhor Jesus. Um grande anseio para que este dia se cumpra deve habitar em nós. Nossa oração deve ser: “Senhor Jesus, leva a bom termo o teu plano na História com vistas à tua vinda”. A igreja clama pela vinda de Cristo. O anseio da igreja é pela chegada do seu Noivo para entrar no seu lar eterno. A última palavra da igreja é: Vem, Senhor Jesus! (Ap 22.20). 
O anúncio da vinda de Jesus também nos motiva a convidar as pessoas para o seguir. Como disse o Rev. Hernandes Dias Lopes: “A igreja não apenas aguarda o Noivo, mas ela chama os sedentos para conhecerem o seu Amado (Aquele que tem sede venha). A igreja proclama que Jesus satisfaz. Ele tem a água da vida.” 


Amém. Vem, Senhor Jesus!