terça-feira, 25 de julho de 2017

Temei a Deus

Provérbios 2.1-5

“O temor do SENHOR é o princípio da sabedoria” (Sl 110.10).

Que coisa estranha. Hoje conseguimos assistir relatos de barbaridades no tele-jornal e depois dormir tranquilos. Temos vontade de chorar com os que choram, até que desligamos a televisão e esquecemos tudo rapidamente. Esta insensibilidade fica ainda mais perigosa quando participamos de um culto e, enquanto estamos na igreja, a mensagem é muito edificante. Concordamos e até nos emocionamos com o que é ensinado, mas depois que voltamos para casa, também dormimos como se nada tivesse acontecido e continuamos praticando os mesmos pecados de anteriormente. Isso é muito mais do que estranho, é falta de temor a Deus. 
Precisamos dormir e acordar conscientes que ter uma vida temente a Deus é a coisa mais importante que existe. A Bíblia define o temor de Deus de modo bem específico. O temor de Deus é o ódio ao pecado. Provérbios 8.13 diz: “Temer o SENHOR é odiar o mal”.  Ter o temor do Senhor significa simplesmente amar a Deus, de tal maneira que a pessoa odeie tudo o que ele odeia. É estarmos tão perto do Senhor, tão afinados com o caráter divino, que amamos o que ele ama e detestamos o que ele detesta. Temor é muito desejo de agradar. É ter profundo respeito e reverência para com Deus. O temor de Deus é o ódio ao pecado. Aborrecer o mal, lutar contra o que é mal. Quem busca o temor do Senhor encontra o caminho da sabedoria. Encontra proteção, provisão e felicidade. “Temei o SENHOR, vocês que são seus santos, pois nada falta aos que o temem” (Sl 34.9).


Temer a Deus não permite pausas.