sábado, 2 de dezembro de 2017

Continue andando

Romanos 7.4-6

“Ele vos deu vida, estando vós mortos nos vossos delitos e pecados” (Ef 2.1).

“Depois que uma criança aprende a andar com firmeza, vem o inevitável: correr, saltar, pular, brincar. Certamente ocorrerão alguns tombos, arranhões e, talvez, até lesões mais sérias. Mas, depois dos reparos necessários e da restauração alcançada, segue-se de pé, vivendo. O temor de um novo tombo não nos impede de continuar caminhando” (Revista EBD). Nossa vida espiritual caminha desta mesma forma. Apesar de algumas quedas, não podemos parar de andar. 
Uma outra comparação que podemos fazer é a seguinte: Quando você faz uma viagem, pode ocorrer que fure um pneu do carro. Isso é normal ou pelo menos aceitável. Provavelmente você irá trocar o pneu e seguirá a viajem até o fim. Acidentes acontecem. O que não seria normal é se a cada 2 quilômetros o pneu furasse novamente. Uma viagem distante nunca seria concluída. Devemos prosseguir nossa viagem. Mesmo se um pneu furar, não desista, troque e siga. Mas cuidado, não acredite que é normal trocar o pneu a todo momento, algo está muito errado se isto acontece. 
Devemos andar sempre em novidade de vida. Em crescimento constante, mesmo que por vezes encontremos obstáculos no meio do caminho. O pecado atrapalha, mas não pode impedir nossa caminhada em direção ao alvo. Precisamos vigiar e orar (Mc 14.38; 1Pe 5.5-9). Evitar o que é mal. Não viver uma vida de aventuras, mas de moderação. Não viver na prática do pecado, mas morrendo para o pecado. Enfrentaremos conflitos, a vida cristã não é uma vida de facilidades. 


Siga em frente e alimente a nova vida que Deus te deu.