sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Mansos vivem em paz

Números 6.24-26

Mas os mansos herdarão a terra e se deleitarão na abundância de paz” (Sl 37.11).

Jesus ensinou nas bem-aventuranças que os mansos herdarão a terra. Isso demonstra que as nossas conquistas não se dão através da força, mas em uma vida de auto controle. No Salmo 37, o salmista acrescenta que além da conquista da terra, os mansos têm conquista de paz. O texto diz os ímpios serão destruídos enquanto que os mansos “se deleitarão em abundância de paz”. É uma palavra sobre o nosso futuro, mas que já começa ser cumprida no presente. 
A paz tem sua origem na presença de Deus, ele que nos dá a paz. Mas para viver em paz é preciso uma mudança de atitude comportamental. Devemos ser sóbrios nos relacionamentos, ter sabedoria para reagir diante dos imprevistos. É preciso ser  gentil, humilde e cortês. Essa atitude de mansidão vai ser um tranquilizante para a nossa alma. Muitas preocupações são causadas por um estilo de vida agressivo que levamos, atitudes com um alto poder destrutivo que vão minando nossa paz a cada dia. Cuidado para ser um mina armada prestes a explodir ou um campo minado. Quem explode com os outros, tira a paz do outro, mas é muito mais atingido. Um mina quando explode arranca um pedaço de quem pisou nela, mas ela se destrói quase que totalmente. Conquistamos a paz quando aprendemos a tratar as pessoas proferindo em honra uns aos outros. Teremos maior alegria em promover a paz do que provar pela força que estamos certos. Não lute pela paz – paz é algo que conquistamos no silêncio, no desarmamento e não através da guerra. 


Só o Senhor nos dá paz.