sábado, 6 de janeiro de 2018

Os três valentes

2Samuel 23.13-17

Você é meu servo, Israel, em quem mostrarei o meu esplendor (Is 49.3).

Uma ação conjunta dos três principais guerreiros de Davi é narrada em 2Samuel 23. Eles se encontraram com Davi, na caverna de Adulão, onde ele estava acampado e protegido dos filisteus que estavam na cidade de Belém. Davi pensou alto e disse: “Como eu gostaria que alguém me trouxesse um pouco de água do poço que fica perto do portão de Belém!” (2Sm 23.15 - NTLH). Isso era apenas um desejo, ele sabia que não era sensato alguém ir tão próximo do inimigo. Mas os três valentes levaram a sério o desejo do Rei. Tão sério que saíram em busca da água. Passaram pelo acampamento dos filisteus, tiraram água da cisterna e a trouxeram a Davi. Que grande exemplo estes homens deixam para nós. Um exemplo de alguém disposto a servir. Eles não precisavam ir, ninguém os obrigou, ninguém pediu. No entanto, eles se reuniram e foram buscar água para Davi. Eles queriam agradar o rei. Davi queria beber água e os homens disseram: “Vamos lá”. Arriscaram a vida para trazer um pouco de água para ele. Servir não é apenas fazer o que alguém manda. Ser servo é estar disponível, ser voluntário e não se contentar em fazer apenas o mínimo. O valente faz sempre além do que lhe pedem ou mandam. 
Mas a história continua. Quando aqueles homens chegaram com a água, Davi não quis beber. “Porém a derramou como uma oferta a Deus” (v.16b). Davi demonstrou grande humildade. Ele poderia se achar importante, pensando que era merecedor daquele sacrifício, mas ele foi humilde em demonstrar que o valor da atitude daqueles homens era maior do que as suas necessidades. Davi era merecedor de grandes prêmios, mas não se importava e nem exigia nada. Interessante pensar também que, mesmo que Davi não estivesse desprezando o trabalho daqueles homens, eles poderiam ter ficado magoados. Eles podiam ter ficado furiosos. Quase perderam a vida para fazer trazer água para Davi e ele jogou fora. O valente não se sente desprezado por qualquer coisa, não é sensível.  

Como servos de Deus, tenhamos disposição e humildade.