terça-feira, 27 de março de 2018

Deus no comando

Eclesiastes 9.11-12

Os teus olhos me viram a substância ainda informe, e no teu livro foram escritos todos os meus dias, cada um deles escrito e determinado, quando nem um deles havia ainda (Sl 139.16).

Derek Kidner diz: “O tempo e o acaso estão lado a lado, sem dúvida porque ambos têm um jeito de arrancar subitamente as coisas de nossas mãos. Isto é bastante óbvio no que se refere às oportunidades, pois a providência opera em segredo, e na perspectiva do homem a vida é feita principalmente de passos rumo ao desconhecido e de acontecimentos que surgem do nada, que podem mudar totalmente o padrão da nossa existência num dado momento. Quanto ao tempo, com o ‘tempo de nascer... tempo de morrer’, e assim por diante, já provou quão inexoravelmente nossas vidas são jogadas de um extremo para o outro pela força das vagas da maré que não podemos controlar. Tudo isso vem contrabalançar a impressão que podemos adquirir das máximas acerca do trabalho duro, de que o sucesso é nosso quando queremos. No mar da vida, somos mais como os peixes que se apanham com a rede traiçoeira, ou os que são inexplicavelmente poupados, e não os donos de nosso destino nem os capitães de nossas almas”.
Esta é a conclusão a que chegamos quando lemos o capítulo 9 de Eclesiastes. Todos os homens estão nas mãos de Deus. Ele é o eterno governante de nossas vidas. “Os velozes nem sempre vencem a corrida; os fortes nem sempre triunfam na guerra; os sábios nem sempre têm comida; os prudentes nem sempre são ricos; os instruídos nem sempre têm prestígio; pois o tempo e o acaso afetam a todos” (Ec 9.11). 
Como este conhecimento deve afetar a nossa vida? Este texto diz: “o que as suas mãos tiverem que fazer, que o façam com toda as suas forças…” (Ec 9.10). Mesmo sabendo que tudo depende de Deus, devemos agir. Muito podemos fazer, pois é Ele que nos sustenta. Devemos viver uma vida de humildade e submissão, com alegria em saber que Deus está no comando. O futuro pertence a Deus. E nele podemos descansar. 

Deus somente é Deus, nenhum dos seus planos pode ser frustrado.