terça-feira, 29 de maio de 2018

Fonte purificada

2Reis 2.19-22

Pois a sabedoria entrará em seu coração, e o conhecimento será agradável à sua alma (Pv 2.10).

Alguns homens de Jericó foram falar com Eliseu e disseram: - Como o senhor sabe, esta cidade é boa, mas a água não presta e provoca abortos. Então Eliseu mandou: - Ponham um pouco de sal num prato novo e tragam para mim. Eles levaram, e Eliseu foi até a fonte, jogou o sal na água e disse: - O que o SENHOR Deus diz é isto: “Eu fiz esta água ficar pura, e ela não provocará mais mortes nem abortos”. E aquela água ficou pura até hoje, como Eliseu disse que ia ficar.
Eliseu jogou sal na nascente e a água foi purificada. Ele foi até a mina de água, o local onde iniciava o curso da água. Interessante que ficando a água da nascente pura, todo o restante da água da cidade iria se purificar. 
O sal não poderia fazer muito pela água. O que aconteceu realmente foi um dos primeiros milagres que Deus realizou através de Eliseu, demonstrando que ele era o sucessor de Elias. “O sal é o símbolo da fidelidade de Deus às suas promessas e da maneira como ele mantém o seu povo” (Comentário Bíblia de Genebra).
Ouvi uma pregação que aplicava esta passagem à questão da evangelização. O pregador dizia que somos o sal da terra e devemos salgar as fontes de nossa cidade. Já pensou se quem lidera o tráfico de drogas se converter? Se os donos das casas de prostituição forem convencidos que estão em um mau caminho? Se os maiores ladrões, se quem desvia dinheiro público pararem de roubar? Sabemos que a maldade de nossa cidade não vai acabar, mas pode diminuir muito com a influência da evangelização. 
Mas pensando neste texto de forma mais restrita, pessoal, qual é a fonte, a nascente de nossa vida? O coração é a nascente. É no coração que brota a vida. É preciso deitar sal nele. Purificar o coração com a presença de Deus. Quando limpamos o coração, nossas ações vão aos poucos se purificando. Só assim poderemos ter sabor e assim influenciar outras pessoas. 

Inclina o coração para o discernimento.