sábado, 29 de setembro de 2018

Velho pote

1Tessalonicenses 4.1-3


Esforcem-se para viver em paz com todos e para serem santos; sem santidade ninguém verá o Senhor (Hb 12.14).

“A santificação é aquela operação espiritual interna que o Senhor Jesus realiza em uma pessoa pelo Espírito Santo, quando a chama para ser um crente verdadeiro. Não somente ele a lava de seus pecados, mediante o Seu próprio sangue, mas também a separa do seu apego natural ao pecado e ao mundo, insuflando um novo princípio em seu coração e tornando-a piedosa na vida prática” (J.C. Rayle).
Ser santo é ser separado para o uso exclusivo de Deus. A cada dia subir os degraus da santidade, vencendo as lutas pelo poder de Deus. Temos instruções bem claras quanto à maneira que devemos viver para agradar a Deus. Devemos praticar, e continuar progredindo cada vez mais. “Pois esta é a vontade de Deus: a vossa santificação” (1Ts 4.3 RA). 
A santidade não está em nossa própria força. O poder para ser santo não vem de nós mesmos. Para entender o que é santificação, achei muito oportuna a comparação feita pelo pastor Gary Kinnaman que disse: “Os potes e jarras utilizados para servir no antigo templo judeu eram vasos normais, simples. Mas quando eram colocados no templo, tornavam-se “santos”. Eram os mesmos potes, mas num novo lugar com um novo propósito. Pareciam os mesmos velhos vasos, mas tinham sido dedicados a Deus”. 
A importância não está no pote, mas em quem o utiliza. Importante é a obra de Deus realizada através de cada um de nós. Buscar santificação é entender que eu sou um vaso separado para o uso exclusivo de Deus. Quanto mais tempo separo para servir a Deus, mais santo eu me torno. Quem é cristão não mais vive buscando o que desagrada a Deus. É um pote que foi lavado, esvaziado das coisas ruins que carregava e agora serve a um novo e feliz propósito que é agradar a Deus. A santidade não está no pote, não é o pote que importa, mas no que ele tem dentro. O que tem preenchido nosso interior?

Entreguem-se agora àquilo que é direito para viver uma vida dedicada a Deus.