sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

Acreditar em quem?


Leitura Bíblica: Provérbios 9.6-10

Todo homem prudente age com base no conhecimento, mas o tolo expõe a sua insensatez (Pv 13.16).

Um dia, um vizinho bateu à porta do prefeito e perguntou: “Poderia me emprestar seu jumento um pouquinho?” “Meu bom amigo – respondeu o prefeito, você sabe que eu faria qualquer coisa no mundo para lhe ajudar. Eu adoraria emprestar meu jumento, mas infelizmente ele não está aqui, hoje”. Exatamente nesse instante, o jumento zurrou tão alto que acordaria até os defuntos. “Bom, hoje é o meu dia de sorte – disse o vizinho. Parece que o seu jumento está aqui mesmo”. “Como se atreve – protestou o prefeito, bufando de indignação. Você ousa acreditar no jumento e duvidar de mim, um homem de tamanha distinção e status?”
Devemos acreditar na verdade. Muitas questões levantadas e discutidas às vezes tomam um rumo inaceitável. Como diz a frase: “Contra fatos não há argumentos”. O prefeito podia usar todos os argumentos que quisesse. Como encobrir a verdade de que o jumento estava presente? Aquele zurro era uma prova incontestável. 
Quando alguém tentar nos convencer de uma mentira clara, devemos apontar a verdade a ela. Mas se esta recusar? Se ela não mudar o seu discurso? Devemos nos afastar. “Mantenha-se longe do tolo, pois você não achará conhecimento no que ele falar” (Pv 14.7). Quem confronta fatos claros e verdades absolutas está convencido de sua mentira, vive uma ilusão, vive na insensatez. 
Devemos deixar a companhia de pessoas que implicam no erro. Depois de tentar mostrar a verdade, se esta não for acolhida, devemos seguir nosso caminho. “Se tentar corrigir um homem mau, o que vai conseguir é ser humilhado. Nunca repreenda uma pessoa vaidosa; ela o odiará por isso” (Pv 9.7b-8a NTLH). Devemos nos aproximar de pessoas sábias. Quem é sábio não se incomoda de ser corrigido. O sábio quer aprender e assim tornar-se mais sábio ainda. Se agirmos assim demonstramos que também somos sábios. O sábio teme a Deus e anda nos caminhos da verdade. 

Acredite na verdade!