segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

Como as águias


 Leitura Bíblica: Salmo 103.1-5

Mas aqueles que esperam no Senhor renovam as suas forças. Voam alto como águias; correm e não ficam exaustos, andam e não se cansam (Is 40.31).

Talvez você já tenha ouvido esta história da águia (Dizem ser uma lenda fictícia). Acho ela fantástica e como ainda não tinha escrito nada sobre ela, resolvi usá-la. A águia é a ave que possui a maior longevidade da espécie. Chega a viver 70 anos. Mas para chegar a essa idade, aos 40 anos, ela tem que tomar uma séria e difícil decisão. Aos 40 anos ela está com as unhas compridas e flexíveis, não consegue mais agarrar as suas presas das quais se alimenta. O bico alongado e pontiagudo se curva. Apontando contra o peito estão as asas, envelhecidas e pesadas em função da grossura das penas, e voar já é tão difícil! Então, a águia só tem duas alternativas: morrer... ou enfrentar um dolorido processo de renovação que irá durar 150 dias. Esse processo consiste em voar para o alto de uma montanha e se recolher em um ninho próximo a um paredão onde ela não necessite voar. Então, após encontrar esse lugar, a águia começa a bater com o bico em uma parede até conseguir arrancá-lo. Após arrancá-lo, espera nascer um novo bico, com o qual vai depois arrancar suas unhas. Quando as novas unhas começam a nascer, ela passa a arrancar as velhas penas E só após cinco meses sai para o famoso voo de renovação e para viver então mais 30 anos.
Algumas vezes temos de nos resguardar por algum tempo e começar um processo de renovação. Alçar um voo de renovação como o da águia. Fazer algumas mudanças e reformas, desprender de coisas que já não estão mais sendo produtivas. É um grande desafio, partir do comodismo para a renovação. Mas precisamos entender que muitas coisas que estão aparentemente “muito bem, obrigado”, na verdade podem ficar muito melhores. Comece novas atividades, não tenha medo de recomeçar. A vida pode ser melhor em qualquer tempo. Enquanto estamos vivos devemos ter esperança. A esperança não se aposenta, ela é a força da fé. 

Decisão de renovação é caminho para a vitória.