terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

Levante Âncora


Leitura Bíblica: Gênesis 12.1-4

Afaste-se do mal e faça o bem; busque a paz com perseverança (1Pe 3.11).

Certo homem embriagado saiu cambaleando de um bar, à noite, e entrou no seu barco a fim de atravessar o rio. Remou duas horas seguidas. “Engraçado, - disse a certa altura – parece que nem saí do lugar”. Remou, remou e quando amanheceu descobriu a dificuldade. Seu barco estava ancorado. Âncora é um instrumento náutico muito importante para fixar temporariamente os navios na posição desejada. Ela tem sua função até o momento que o navio deseja prosseguir em sua viajem. Para isso ela precisa ser erguida. Seria um grande problema se ela prendesse o navio não permitindo sua partida. 
Da mesma forma precisamos de âncoras em nossa vida. Elas garantem uma certa estabilidade, nos ajudam. Mas depende de onde estamos ancorados ou se nos acomodamos e não seguimos nossa viajem. Se as âncoras nos impedem de prosseguir, temos um grande problema.  
Ivan Francisco da Silva disse: “Estamos ancorados num emprego, numa bela casa, num círculo de amigos. Deus deseja usar pessoas que estejam ancoradas nele, pois as coisas do mundo, se postas em primeiro lugar, as impossibilitam de ver a Sua glória, impede-as de descobrirem os Seus propósitos”.
É preciso muita coragem para levantar âncora. Abraão é um exemplo disto. Ele estava vivendo tranquilo com seus amigos e parentes quando foi chamado por Deus para levantar âncora. Deus disse a ele: “Sai da tua terra, da tua parentela e da casa do teu pai e vai para a terra que te mostrarei” (Gn 12.1). Ele deixou todo conforto e saiu sem saber para onde iria. Mas uma coisa ele sabia, estava cumprindo a vontade de Deus. Podia levantar âncora na certeza de que Deus iria guiá-lo em sua viajem. 
Não devemos temer. Precisamos responder ao chamado de Deus na confiança de que ele sabe o que quer de nós. “Pois Deus não nos deu espírito de covardia, mas de poder, de amor e de equilíbrio” (2Tm 1.7). Aquele que nos chama para uma missão é o mesmo que nos sustentará o tempo todo. 

Corajosamente, levante âncora!