terça-feira, 7 de maio de 2019

Estabelecendo Metas


Leitura Bíblica: Hebreus 10.19-25

Conceda-te o desejo do teu coração e leve a efeito todos os teus planos (Sl 20.4).

Algumas pessoas acham que esta história de estabelecer metas é uma grande besteira. Preferem dizer: “Deixa acontecer naturalmente” ou “deixa a vida me levar”. Alguns até usam sua fé como pretexto para não fazer nada. Dizem, por exemplo: “eu creio que vou conseguir passar no exame”. Mas crer sem estudar, sem se esforçar, não é uma boa escolha. 
Se você espera dias melhores de braços cruzados, você está equivocado. É preciso ter foco, tomar decisões, estabelecer metas claras. Em todas as áreas de nossa vida devemos definir metas. Com responsabilidade, é preciso buscar a orientação de Deus para saber para onde ele quer nos levar. Sem definir metas não podemos esperar bons resultados. Deve ficar claro que nossa vida só irá ficar melhor a partir de atitudes melhores. Só teremos um dia bom, se fizermos coisas boas. 
Agora, melhor que ter muitos planos e metas relacionados a nosso trabalho, nossa saúde física, é ter metas espirituais e compromissos relacionados à nossa piedade. O autor de Hebreus pode nos ajudar nisto com algumas lembranças importantes. Ele diz que temos completa liberdade para chegar mais perto de Deus. O caminho foi aberto pela morte de Jesus na cruz. Hebreus 10.19 diz: “Portanto, irmãos, temos plena confiança para entrar no Santo dos Santos pelo sangue de Jesus”. Mas devemos lembrar que não podemos fazer isso de qualquer maneira. Devemos chegar perto de Deus com um coração sincero, uma fé firme e com a consciência limpa das nossas culpas. Devemos fazer isso com intrepidez e confiantes, pois quem fez a promessa é fiel. O texto termina dizendo que não devemos deixar de congregar. Devemos sim estimular outros à comunhão.  
Qual então deve ser a nossa meta espiritual? Nossa meta deve ser a permanente aproximação de Deus. Para isso, é preciso intrepidez, trabalho, renúncia ao pecado. Quando deixamos esta busca já estamos nos afastando dele. 

Nossa principal meta deve ser guardar firme a confissão da esperança, sem vacilar.