sexta-feira, 31 de maio de 2019

VÍCIO VIRTUAL


Leitura Bíblica: Salmo 101.1-4

Afaste-se do mal e faça o bem; busque a paz com perseverança (Sl 34.14).

O Rev. Hernandes Dias Lopes escreveu um texto com o título: O Drama do Vício Virtual. Ele faz um alerta sobre o perigo da dependência do computador e do celular, que tem escravizado milhões de pessoas. Não se trata apenas de pornografia, que é um mal terrível e tem adoecido a alma de muitos. O vício virtual vai além disto e atinge aqueles que perdem a essência do relacionamento real e pessoal. Pessoas que estão quase todo o tempo se informando, se comunicando e se relacionando por meios virtuais. “Milhões de pessoas vivem prisioneiras do computador e dependentes da internet. Mergulham num mundo fantasioso e perdem todas as conexões com a vida real. Conversam horas a fio com desconhecidos numa sala virtual, mas não conseguem sentar à mesa com a família para tomar uma refeição” (HDL). 
Como todo vício, isso ocorre de forma muito sutil. Poucos querem admitir seu erro. Nem percebem que estão tempo demais nas nuvens. Precisamos colocar nossos pés no chão. Usar a tecnologia com bom senso, filtrar o que vemos, afastar do que não deve nem passar perto de nossos olhos. E, principalmente, limitar o tempo no celular e computador. Nós não fomos criados para uma vida virtual. Devemos sair de casa, conversar com as pessoas. Precisamos levantar a cabeça, olhar ao redor, ver que a tela de nosso celular, por maior que seja, não se compara a amplitude da visão que Deus nos dá. As belezas encontradas na vida real são imensamente melhores do que as notícias virtuais. 
Que a nossa comunicação constante nas nuvens seja só com Deus. Em nossas orações busquemos a paz que precisamos. Deixe o celular mais tempo no bolso. Mas receba e cheque cada uma das notificações de Deus. São dele as informações que não podemos deixar de conhecer. Que o nosso relacionamento com o próximo seja concreto na intensidade de um abraço, na sinceridade de poder olhar nos olhos, no tempo que não tem necessidade de acabar rapidamente. 

Real é melhor que virtual.