terça-feira, 2 de julho de 2019

Servo de Cristo


Leitura Bíblica: Lucas 17.7-10

Assentando-se, Jesus chamou os Doze e disse: “Se alguém quiser ser o primeiro, será o último, e servo de todos” (Mc 9.35).

Nosso texto base fala sobre um servo e seu senhor. O servo tinha como função sair bem cedo pelos campos, arar a terra ou cuidar das ovelhas e depois, por volta das quinze horas, voltar para a sede, fazer comida e servir para seu senhor. Depois do trabalho, iria comer e descansar. A pergunta deixada pelo texto é: o servo merece algum tratamento especial por ter feito a sua obrigação? O senhor terá que agradecer o servo por ele ter feito a sua obrigação? O senhor fica obrigado para com o seu servo, quando as suas ordens são cumpridas? A resposta para estas perguntas é não, pois o servo deve trabalhar movido por um senso de dever e lealdade, e não com a esperança de ganhar recompensas. De fato, depois de ter cumprido todas as ordens, ele diz: nada me devem; cumpri apenas o meu dever. 
Paulo se chama escravo de Cristo (Rm 1.1) e nós também devemos assumir uma vida que tenha este nome, servo de Cristo. Estamos acostumados à sabedoria do mundo, da troca de favores, do trabalho que espera recompensas, elogios; acostumados ao materialismo, à ganância de resolver nossos problemas, no desespero de querer mais, receber, ter, ganhar. Queremos sempre receber e fazemos da religião mais uma mentalidade contabilista. Pessoas querem receber curas, bênçãos, dinheiro, saúde. Vão à Igreja para receber bênçãos e não para adorar e servir a Deus. 
Sejamos movidos mais pela nossa responsabilidade do que por interesses. Nem mesmo Jesus se preocupou com seus direitos. Ele morreu na cruz movido por um único interesse, fazer a vontade de Deus. Devemos estar interessados em testemunhar. O servo trabalha para cumprir o seu dever, sabe que nada merece por aquilo que ele é e faz. O que nos move não são interesses, mas o reconhecimento da grandiosidade de Deus e sua graça, as dádivas do Senhor que são feitas imerecida e gratuitamente. 

Amo a Deus e devo servi-lo.