terça-feira, 22 de abril de 2008

O mentiroso

Jeremias 9.1-6

Até quando vocês, ó poderosos, ultrajarão a minha honra? Até quando estarão amando ilusões e buscando mentiras? (Sl 4.2)

Pela mentira o homem pode agir contra os homens, contra as coisas, contra o passado e o futuro. Não apenas reescrever a história, mas ainda refazê-la. A mentira fundamental é negar tanto a divindade como a humanidade de Cristo, que é o centro da história. Aquele que não crê em Deus vive uma mentira. A semente da mentira é plantada no coração do homem fazendo-o abandonar a vontade de Deus. Ela convence através de suas promessas tentadoras.
Depois de ser enganado, o homem passa a enganar. Por acreditar na mentira torna-se um mentiroso. Passa a buscar o seu aparente favorecimento. A mentira promete ao homem aquilo que não pode lhe dar. Na realidade, ela lhe dará o contrário.
É preciso pensar na seriedade deste assunto. Podemos, sem mesmo saber, estar abertos para este terrível pecado. Mentimos quando agradamos alguém com palavras, mas no coração queremos o seu mal. A dualidade é uma das características do mentiroso. Mentimos quando, com nossas palavras, mudamos os fatos acrescentando ou omitindo algo. Devemos tomar cuidado com o que chamamos de mentirinha. Também é perigosa a pratica de mentir e depois dizer que foi por brincadeira. Provérbios 26:19-20 (ERA) diz: “Como o louco que lança fogo, flechas e morte, assim é o homem que engana a seu próximo e diz: Fiz isso por brincadeira.”
Mentira é ilusão, é loucura. É preciso abandoná-la. A palavra mentirosa será desmascarada em algum momento, pois como diz o dito popular a mentira tem perna curta. Uma mentira só persiste algum tempo quando é alimentada por outras mentiras. Quem ama a verdade de Deus, odeia a mentira. O Diabo é quem pratica a mentira o tempo todo, ele é chamado o pai da mentira.
A vida que levamos pode passar com tranqüilidade por um detector de mentiras? Lembre-se: nossa caminhada só terá valor se a construirmos com base na verdade. Não somos atores, somos pessoas reais.

A mentira mente àquele que mente.