terça-feira, 27 de junho de 2017

Agir com coragem

Salmo 27.1-3

“Espera pelo Senhor, tem bom ânimo, e fortifique-se o teu coração; espera, pois, pelo Senhor” (Sl 27.14).

“Ó vós, sábios”, disse o rei, “eu tenho um problema e quero ver qual de vós tem condições de resolvê-lo”. Ele conduziu os homens a uma porta enorme, maior do que qualquer outra por eles já vista. O rei esclareceu: “Aqui vedes a maior e mais pesada porta de meu reino. Quem dentre vós pode abri-la?” Alguns dos cortesãos simplesmente balançaram a cabeça. Outros, contados entre os sábios, olharam a porta mais de perto, mas reconheceram não ter capacidade de fazê-lo. Somente um único homem simples aproximou-se da porta. Ele examinou-a com os olhos e os dedos, tentou movê-la de muitas maneiras e, finalmente, puxou-a com força. E a porta abriu-se. Ela tinha estado apenas encostada, não completamente fechada, e as únicas coisas necessárias para abri-la eram a disposição de reconhecer tal fato e a coragem de agir com audácia.
A falta de atitude, a falta de ânimo, a falta de coragem tem sido um empecilho para muitas conquistas. Julgamos ser derrotados mesmo antes de lutar. Acreditamos que diante de nós existe uma barreira intransponível, quando muitas vezes nem barreira existe. Confiamos mais naquilo que acreditamos ver ou ouvir do que na própria ação de coragem para experimentar. O rei disse ao homem que abriu a porta: “Tu receberás a posição na corte, pois não confias apenas naquilo que vês ou ouves; tu colocas em ação tuas próprias faculdades e arriscas experimentar”. Devemos estar dispostos a esperar no Senhor, ter ânimo fortalecido e agirmos nesta confiança. 

A vitória é parceira de uma ação confiante.

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Vitoriosos

1Coríntios 15.57-58

“Graças, porém, a Deus, que, em Cristo, sempre nos conduz em triunfo e, por meio de nós, manifesta em todo lugar a fragrância do seu conhecimento” (2Co 2.14).

O desejo de vencer, ser vitorioso, nos acompanha por toda a vida. Acreditar que a vida vai melhorar é uma expectativa que nos manten vivos e ativos. Como diz a letra de uma música de Guilherme Arantes: “E é tão gostoso ter os pés no chão e ver que o melhor da vida vai começar”. Embora ser vitorioso seja o desejo de muitos, infelizmente poucos experimentam o sabor de uma vida de conquistas vitoriosas. 
Mas o que é vitória? Acredito que por não saber ao certo o que é ter uma vida de vitórias, tantos não se aproximam das verdadeiras conquistas. Vitória é poder viver no centro da vontade de Deus. É se aproximar de Deus e viver realizando a sua vontade, uma vida de amor e obediência a Deus. Ter comunhão com o Deus vitorioso nos garante obter vitórias em nossa vida. Ele nos dá a vitória. Nesta comunhão, temos grande proveito, mas para termos comunhão com Deus é necessário sacrifício pessoal. Paulo diz a Timóteo (2Tm 2.3-4) que, como bom soldado de Cristo, ele deveria participar de seus sofrimentos. Como um soldado que em serviço não se envolve em negócios desta vida, porque seu objetivo é satisfazer aquele que o arregimentou, Timóteo deveria dar prioridade a Deus. Não correr como alguém sem meta, “como um míssil sem alvo que vagueia sem direção e eventualmente se auto-destrói” (Alan Baldwin). Isto é vitória, viver com Deus e para Deus. 


O melhor da vida começa quando entregamos nossa vida a Cristo.

domingo, 25 de junho de 2017

Ore sempre

Colossenses 4.2-3

“Perseverai na oração, vigiando com ações de graças” (Cl 4.2).

No auge da perseguição em um país comunista, alguns crentes decidiram manter a fé ativa por intermédio da oração no meio de uma floresta. Com a frequência e o peso de cada um, formaram-se trilhas sulcadas que não permitiam que o mato crescesse em função da assiduidade dos fiéis. Embora com o mesmo propósito, cada um se identificava com o seu próprio caminho, a fim de não provocar suspeitas às autoridades perseguidoras. O chão batido indicava presença constante, mas se o caminho começava a ser destruído pelo mato, o companheiro logo mandava um recado, chamando sua atenção para o perigo do distanciamento:
— Olha, está crescendo mato no seu caminho.
Continue firme na oração. Esta foi a palavra de Paulo aos Colossenses. Esta é a palavra que precisamos ouvir. Perseverar na oração, com toda oração, com devoção, ininterruptamente, é nosso dever cristão. Nossa oração é acolhida por Deus com carinho. Ele não só ouve, mas atende a oração de seus filhos. Deus também é quem nos ensina orar, para que a nossa oração seja pura, conforme a sua vontade. Como Davi (Sl 5) devemos apresentar a Deus nossa oração, logo pela manhã, e com confiança, ficar esperando a resposta do Senhor. Oremos a Deus que tem todo o poder, que é capaz de realizar qualquer obra. Não deixe que cresça mato no seu caminho de oração. 


Agindo Deus, quem impedirá?   

sábado, 24 de junho de 2017

Vida plena

1Tessalonicenses 1.2-5

“Ensina-nos a contar os nossos dias, para que alcancemos coração sábio” (Sl 90.12).

Muitos são os estudos para que o processo de envelhecimento possa ser retardado e nossa vida seja prolongada. É certo que com os muitos recursos da atualidade já se tem conseguido alterar a média de vida das pessoas que estão vivendo mais tempo que antigamente. Mas a grande pergunta deve ser: Viver mais para quê? Por que quero ter mais anos de vida? 
Mais do que prolongar os nossos dias, devemos buscar viver uma vida mais plena. Jim Eliot sentiu o chamado de Deus para o trabalho missionário. Ele foi para as selvas do Equador, onde ele e outros quatro missionários queriam levar o evangelho a uma tribo de pessoas conhecidas como Aucas. Tragicamente, Jim Eliot e todos os outros perderam suas vidas no processo. Para algumas pessoas, parecia um desperdício terrível ver esses jovens promissores jogarem suas vidas fora. Mas alguns anos antes, Jim Eliot tinha escrito em seu diário: “Eu não busco uma vida longa, mas uma vida plena, como tu, Senhor Jesus”. “Não sabemos quanto tempo vamos viver nesse mundo. Isso realmente está somente nas mãos de Deus. Mas nosso objetivo aqui na Terra deveria ser o de viver uma vida plena, uma vida com significado, uma vida com propósito” (Devocionais Diários).
O que estamos fazendo com os muitos anos que Deus nos tem dado? O evangelho não deve chegar até nós somente em teoria. O evangelho é o poder de Deus que nos permite, por ele, vivermos uma vida plena.


Vida plena vale a pena.

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Seja prático

Salmo 104.21-24

“Do trabalho de tuas mãos comerás, feliz serás, e tudo te irá bem” (Sl 128.2).

Já temos muitas tarefas para fazer diariamente. Mesmo assim, às vezes, por não pensar de forma mais prática, complicamos o que poderia ser resolvido facilmente. Veja a história contada por um empresário. Ele disse: Durante uma viagem, recebi um fax de minha secretária. “Ficou faltando um tijolo de vidro para a reforma da cozinha”, dizia ela. “Envio o projeto original, e o jeito que o pedreiro dará para compensar a falta”. De um lado, havia o desenho que minha mulher fizera: fileiras harmoniosas, com abertura para a ventilação. Do outro lado, o projeto que resolvia a falta do tijolo: um verdadeiro quebra-cabeças, onde os quadrados de vidro se misturavam sem qualquer estética. “Comprem o tijolo que falta”, escreveu minha mulher. Assim foi feito, e o desenho original foi mantido.
Já parou para pensar? Quantas vezes, pela falta de um simples tijolo, deturpamos completamente o projeto original de nossas vidas. Realmente, quantas vezes complicamos as coisas por não fazer o básico. Tentamos resolver um problema criando outros. Se diariamente tomarmos decisões simples e executarmos pequenas tarefas, vamos conseguir realizar grandes coisas. Se nos distrairmos com pequenos problemas, se buscarmos soluções complicadas para pequenos reparos, vamos nos atrasar e nos irritar. Devemos trabalhar sempre buscando a sabedoria que Deus nos dá e confiando na providência de Deus. Deus criou todas as coisas e nos sustenta através destas riquezas que estão em toda terra. 


Faça o melhor, da melhor forma.

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Pela escada

1Coríntios 15.57-58

“Graças a Deus, que nos dá a vitória por intermédio de nosso Senhor Jesus Cristo” (1Co 15.57).

Toda vitória que conquistamos em nossa vida é graças a Deus. Mas isso não quer dizer que não precisamos fazer nada. As vitórias que temos com Cristo exigem de nós dedicação, fé, sabedoria e muito trabalho. A vitória não vem por acaso, de surpresa. Como um atleta, antes de subir ao pódio, precisa submeter-se a uma série de requisitos, como alimentação balanceada, treinamento, repouso, visão otimista e perseverança. A vitória em Cristo consiste numa sucessão de ações. É uma caminhada de serviço. 
Para exemplificar isso, vamos pensar na escada e no elevador. O elevador passa o dia inteiro, sobe e desce, sobe e desce. Quando chega a noite, está no mesmo lugar em que começou. Já a escada tem muitos degraus. Degrau por degrau, vai levando para cima, leva ao topo, a um lugar mais alto. Às vezes, em nossa vida, estamos andando de elevador. Buscando facilidades. Uma hora estamos mais em cima e em outra mais embaixo. Só que na verdade, quase não saímos do lugar. Para conquistar vitória, devemos ir pela escada e não pelo elevador. É necessário que a cada dia estejamos subindo degrau por degrau até atingir o último, a fim de que alcancemos a vitória. Muitos estão fugindo das escadas. Elas são muito cansativas. Ir por elas pode demorar mais. Mas a escada é o melhor caminho. É preciso pisar no primeiro degrau e não desistir, não olhar para trás. 


Com Deus no retorno das batalhas, a vitória é garantida. 

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Intimidade com Deus

Lucas 10.38-42

“Fiel é Deus, pelo qual fostes chamados à comunhão de seu Filho Jesus Cristo, nosso Senhor” (1Co 1.9).

A história da visita de Jesus a Marta e Maria é muito conhecida. Enquanto Marta estava ocupada com o serviço, Maria ficou sentada perto de Jesus. Sempre ouvimos dizer que Marta estava errada em ocupar-se com o serviço da casa. Deixamos de lado o fato de que ela estava preocupada em servir Jesus. Preparando provavelmente um jantar para Jesus. Sua preocupação era importante. Ela estava preocupada em relação a coisas boas. O escritor Max Lucado nos lembra muito bem do seguinte: “O problema é que Marta cometeu um erro comum, ainda que bastante perigoso. Conforme começou a trabalhar para o Senhor, seu trabalho se tornou mais importante do que o próprio Jesus. O que começou como uma maneira de servi-lo, transformou-se, sutil e vagarosamente, numa maneira de servir a si mesma. Marta caiu na armadilha do ativismo. Seu coração acabou derrapando e focando no meio e não na finalidade. Deus sabia disso”. 
Repare que quando Marta pergunta para Jesus se ele não se importava que Maria estava deixando ela trabalhar sozinha, Jesus respondeu: “Marta! Marta! Você está preocupada e inquieta com muitas coisas”. Vemos que Marta começou a trabalhar pensando não em Jesus, mas, no trabalho, começou a distrair-se com as muitas coisas, esquecendo a parte mais importante. Nosso relacionamento com Deus não deve ser apenas através do serviço que prestamos a ele, mas principalmente na busca de uma comunhão intima com o Senhor. 


Trabalhe para Deus sem se afastar dele. 

Links

Mensagens Diárias (237) Ilustrações (64) Videos (40) Encorajamento (28) Pastoral (28) Estudos (27) Downloads (26) Datas (21) Áudio (20) Pão Diário (13) Devocional (12) Natal (11) Fábulas (9) Liderança (9) Páscoa (9) Oração (8) 7 Virtudes (7) Sermão (5) Dia das Mães (4) Missões (4) Dia dos Pais (3) Malaquias (3) Aniversário (2) Classe de Novos Membros (2) Cânticos Cifrados (2) Eleições (2) Estudo Bíblico (2) Família (2) Finanças (2) Frases (2) Fé para hoje (2) Ilustração (2) Ilustrações Variadas (2) Notícias (2) Podcast Mensagens (2) Política (2) Santa Ceia (2) Simplicidade (2) Slides (2) Voto (2) 181 Meditações (1) 7 Palavras da Cruz (1) A Razão de nossa fé (1) Artigo (1) Bem Aventuranças (1) Breve Catecismo (1) Calvino (1) Carnaval (1) Catecismo (1) Catecismo Maior (1) Catecismo para Crianças (1) Certeza da Salvação (1) Cinco Pontos do Calvinismo (1) Comentário (1) Confecção de Atas Eletrônicas (1) Confissão de Fé de Westminster (1) Conheça Sua Bíblia (1) Contando os dias (1) Conversão de Manasses (1) Cooperadores (1) Crise do Fazer (1) Células (1) Dadas (1) Dez Palavras (1) Dia Internacional da Mulher (1) Dia da Bíblia (1) Dia da Pátria (1) Dons (1) Doutrinas (1) Efésios; Estudo Bíblico; Comentário (1) Elevo os meus olhos (1) Enchei-vos do Espírito (1) Estudos; (1) Fides Reformata (1) Formatura 1990 SPS (1) Grandeza do Criador (1) Hinário Novo Cântico (1) Hinário Novo Cântico Cifrado (1) História dos Hinos (1) Manual Presbiteriano (1) Manual Unificado (1) Não Adulterarás (1) Opressão (1) Parábolas (1) Paz Diaria (1) Reforma (1) Rev. Andrei (1) Sete Virtudes Celestiais (1) Slide Hinos e Cânticos (1) Tentação (1) Tozer (1) Ultimato (1)