domingo, 22 de outubro de 2017

“Se meu povo…”

2Crônicas 7.11-15

Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra” (2Cr 7.14).

Dizem que 99% da população brasileira acreditam em Deus. Um escritor acrescentou a esta estatística que 100% da população do inferno também acreditam em Deus. Por todo lado encontramos pessoas que se dizem cristãs. Muita gente fala que crê em Deus, mas não tem qualquer demonstração de piedade na vida. Vivem sem compromisso com Deus, baseados em uma fé duvidosa. 
Encontramos nesta passagem de 2Crônicas 7.14, um alerta de Deus ao seu povo. Aprendemos com este versículo que precisamos viver em humildade. O povo de Deus precisa se humilhar. O conhecimento de Deus nos leva ao arrependimento e ao reconhecimento de nossa total necessidade de Deus. Quando nos humilhamos, Deus trabalha em nossa restauração espiritual. O texto diz também que precisamos orar e buscar ao Senhor. É através da oração que falamos com Deus de nossa fragilidade. É através da oração que Deus fala conosco, que sentimos sua presença. Na oração temos intimidade com Deus. Por último, encontramos o ensino de que o povo de Deus precisa se converter dos seus maus caminhos. Aquele que reconhece seu pecado, que encontra o perdão através da oração, precisa vigiar para que não volte a praticar as mesmas coisas erradas. 


A promessa de Deus para o seu povo é ouvir, perdoar e sarar.

sábado, 21 de outubro de 2017

Cuidado!

1Timóteo 4.11-16 

“Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina. Continua nestes deveres; porque, fazendo assim, salvarás tanto a ti mesmo como aos teus ouvintes” (1 Tm 4.16).

Cuidado! Perigo! Estas palavras são um alerta. Sempre estão sinalizando coisas importantes. Uma curva perigosa, um mar bravio, uma cerca elétrica. Mas nem sempre estamos dispostos a respeitar placas. O perigo parece um desafio. Como dizem: “gosto de viver perigosamente”. 
Paulo chama a atenção de Timóteo. O que diz a ele é muito simples e deve ser ouvido e praticado por cada um de nós. Paulo disse que Timóteo tivesse cuidado com a doutrina e com a sua vida. Doutrina e vida devem ser inseparáveis. Este deve ser nosso principal CUIDADO. 
É necessário cuidar da doutrina. Estarmos abertos ao conhecimento da verdade. Estudar a Bíblia. Tornar este estudo um hábito. Quanto mais conhecemos, mais vamos amar a Palavra de Deus e mais vamos desejar divulgá-la. Muitos vivem proclamando mentiras por não ter cuidado com a doutrina. Muitos vivem sem paz, sem luz e direção por falta de conhecimento da palavra de Deus. Quem descuida da doutrina, já está descuidando da vida. 
É necessário cuidar da vida. A doutrina estudada precisa ser aplicada. A doutrina gera vida, quebranta nosso coração e nos fortalece para produzirmos frutos. Cuidar da vida é viver de forma condizente com a doutrina que aprendemos. Viver em santidade, no esforço de aplicar o conhecimento da verdade. A nossa preocupação não é cuidar da vida dos outros. Precisamos cuidar da nossa vida. 


Quem cuida de si e do que fala está no caminho da salvação.

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Notícia boa

Romanos 10.8-15 

“Como água fresca para a garganta sedenta é a boa notícia que chega de uma terra distante” (Pv 25.25). 

Somos ávidos por informação. Não basta saber as notícias do dia anterior, queremos saber o que aconteceu no último segundo. Buscamos informação nos jornais, na internet e nas redes sociais, e ainda assim nos sentimos desinformados. Mas, na maioria das vezes, só vemos más notícias: assaltos, acidentes, violências domésticas. Encontramos também notícias fúteis sobre celebridades, propagandas consumistas, etc. Enquanto isso, o evangelho, que é a boa notícia, fica às vezes esquecido. Sua importância fica em segundo plano, não é divulgada. Você sabe qual é a boa nova que a Bíblia nos ensina? Acompanhe as principais manchetes da Bíblia. Veja a notícia assustadora de Romanos 3.23 – Todos os seres humanos são pecadores, “pois todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus”. Veja também como Deus deu a solução para este problema da humanidade na notícia que está registrada em João 3.16: “Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna”. Também encontramos registrada em João 1.12 a notícia de que você pode tornar-se um filho de Deus: “Aos que o receberam, aos que creram em seu nome, deu-lhes o direito de se tornarem filhos de Deus”. 
Como podemos ver, a Bíblia não é um amontoado de notícias ruins que nos trazem preocupações, ansiedade e medo. Pelo contrário, na Palavra de Deus encontramos vida e paz. 


Na Bíblia temos de Deus boa notícia que traz grande alegria.