terça-feira, 22 de abril de 2008

Te amo

Malaquias 1:1-5

Eu a amei com amor eterno; com amor leal a atrai (Jr 31.3).

Eu te amo. Uma frase curta que todos nós gostamos de ouvir. Frase que Deus disse ao povo de Israel e também diz a nós. Deus nos ama com um amor verdadeiro, eterno e leal. Ele é perfeito e seu amor não varia de acordo com as situações.
A resposta do povo à declaração de amor de Deus foi: De que maneira nos amaste? Responderam, perguntando o que Deus estava fazendo para demonstrar seu amor.
Muitas vezes nos vemos na mesma situação daquele povo. Não conseguindo saber como Deus nos ama. Olhamos para os nossos diversos problemas, dores, dúvidas e questionamos se Deus realmente nos tem amado. Dizemos: Se Deus me ama, por que estou doente? Se Deus me ama, por que estou desempregado? Se Deus me ama, por que me sinto tão triste?
A este questionamento Deus responde dizendo que a maior prova de seu amor não está relacionada apenas aos acontecimentos comuns do dia a dia, mas é muito mais abrangente. A prova de seu amor está em ele nos dar a salvação eterna. Deus nos amou mesmo não existindo em nós qualidades superiores que nos fizessem merecedores de seu amor. O amor de Deus é demonstrado na salvação daqueles que crêem no Senhor. Quando olhamos para Deus, devemos lembrar que seu amor se manifestou em enviar ao mundo seu filho Jesus. Ele deu seu filho para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Seu amor se manifesta grandemente porque ele fez isso por pessoas que não tinham nenhuma justiça própria. Se alguém dificilmente morreria por um justo, muito menos por um pecador. Mas foi exatamente isso que Jesus fez, morreu por nós quando éramos ainda pecadores.
Devemos viver motivados pelo amor de Deus em nos dar a salvação e a vida eterna. Não é porque Deus nos ama que não vamos ter dificuldades. Ele não promete que não teremos problemas, sua promessa é que estará conosco quando tivermos que enfrentar os problemas.

Deus se agradou de ti