quinta-feira, 7 de maio de 2009

Que trabalho

Gênesis 2.5-15

E acrescentou: “Seja forte e corajoso! Mãos ao trabalho! Não tenha medo nem desanime, pois Deus, o SENHOR, o meu Deus, está com você (1 Cr 28.20a).

Frequentemente encontramos pessoas que dizem: “Se eu soubesse quem inventou o trabalho, mandaria matá-lo.” Outros dizem: “Por causa de Adão agora tenho um trabalhão!” E ainda: “Como é bom não fazer nada e depois descansar!”; “Ah, se eu fosse rico, nunca mais trabalharia...” Pessoas com essa míope visão da vida e de Deus, não apenas reputam o trabalho como um grande castigo de Deus para a humanidade, como também não conseguem trabalhar com alegria e dedicação, sem as constantes murmurações. Isso quando não vivem ociosas, acumulando preguiça e tristeza em seus dias. Seria o trabalho toda essa maldição que dizem?
Na verdade o trabalho é uma grande bênção de Deus, ele nasceu junto com o homem, pois Adão já cultivava o Jardim do Éden antes mesmo de pecar. Ao pecar, Adão recebe a sentença de Deus de que o trabalho (que já existia) agora seria a sua fonte de subsistência durante todos os dias de sua vida. Deus mesmo estabeleceu a norma de que o trabalho nos dará trabalho! Os resultados virão, porém com muito esforço e suor. Na maioria dos casos, obter dinheiro fácil é abominável ao Senhor.
No Salmo 128 o trabalho está presente como uma das bênçãos de Deus. Na descrição do homem feliz, abençoado, bem-aventurado juntamente com a esposa e filhos está a afirmação: “Você comerá do fruto do seu trabalho, e será feliz e próspero” (Sl 128.2). É através do trabalho que conseguimos o nosso sustento.
Cuidado com as murmurações. O trabalho dignifica o homem e é fonte de realização pessoal. Trabalho é bênção de Deus para sua vida. Portanto, agradeça a Deus essa possibilidade que Ele te concedeu de trabalhar, ser produtivo e viver com o fruto de seu trabalho. Seja honesto, trabalhe com todo esforço e fidelidade, louvando a Deus por essa bênção que Ele lhe deu.

Trabalhe, não dê trabalho.

(Adaptação Rev. Douglas)