sexta-feira, 8 de junho de 2012

O meu galardão está comigo.


Apocalipse 22.12 
"E eis que venho sem demora, e comigo está o galardão que tenho para retribuir a cada um segundo as suas obras". 
Seremos galardoados, não apenas pelo trabalho que fizemos, mas pelas cargas que carregamos. Não tenho certeza, mas os galardões mais brilhantes talvez sejam para aqueles que levaram suas cargas sem murmurar. Naquele dia, Ele tomará o lírio que permaneceu tanto tempo entre os espinhos, e o levantará para que se torne a glória e a maravilha de todo o Universo; e o perfume daquele lírio provocará louvores inefáveis em toda a multidão celestial.  

Andrew Bonar