sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Eu tenho um Pai


Por Sione  Rocha
“ E eu serei para vós Pai, e vós sereis para mim filhos e filhas, diz o Todo poderoso”.      2 Co. 6,18                         
Sim! Eu tenho um pai. Um pai de verdade, um pai que é um  Paizão!
Não um protótipo, não uma sombra, um sonho, uma miragem, mas ele é bem real.
Antes que eu chegasse a este mundo, ele já cuidava de mim. Deu-me vida, um corpo perfeito , casa, família, sonhos e ideais. Apesar de tudo isto, eu ainda não  o conhecia bem. Por vezes, pensei nele, como um pai distante, alheio às necessidades de seus filhos.
Certo dia, ele me chamou para uma conversa mais íntima, pessoal e amiga.
Eu e meu pai, frente à frente!  Que emoção! Seu olhar cheio de ternura, penetrou no mais íntimo do meu ser.
E  eu passei a  amá-lo, respeita-lo e adorá-lo . Ele me disse tudo quanto havia feito por mim, estava fazendo e ainda continuaria fazendo. Ele me amava com amor supremo, inigualável, incomparável! E eu, seu filho, pude entender o quanto o entristecia, andando por caminhos errados e desprezando os seus  conselhos paternais.
Sim, eu tenho um pai ! Um pai que se preocupa comigo, que ouve os meus pedidos e me atende na hora certa, mesmo que seja longa a espera.
Ele não está sujeito à limitações, fraquezas humanas, tentações e quedas.
Não me decepciona nunca e sei que com ele eu posso contar. Meus segredos, ele os conhece todos.  Meus desejos, por menores que sejam são conhecidos do meu pai. Seu cuidado é tanto que ainda me deixou como herança o seu Espírito e os anjos celestiais.
Que mais posso eu querer ?
Neste  “Dia dos Pais”o que desejo é que todos os pais possam imitar o nosso Deus, e que todos os filhos se sintam envolvidos, entrelaçados, num grande abraço, num abraço terno, salvador e afetuoso, do nosso  Paizão, do nosso Papai do Céu.  Amém !