quinta-feira, 15 de novembro de 2012

O que não podes e podes


Por Walter E. Isenhour
Se grandes planos tu almejas ter, o que não podes e podes precisa saber.
Não podes mirar o vale e o monte alto acertar;
não podes vencer a luta sem pelo menos tentar;
não podes seguir caminho errado e chegar ao lugar esperado;
não podes andar na luz se amares o pecado;
não podes viver com alegria desperdiçando o tempo a cada dia.
Podes ser grande, se amares a verdade e se cumprires, de Deus, toda a vontade.
E subirás da vida as mais íngremes estradas, mesmo que as cargas sejam bem pesadas.
Podes ser justo, honesto e puro se aqui não fores frio, cínico, nem duro.
Dos homens, erguerás o coração e a alma, por tua voz, teus atos, tua calma.
O que tu podes, pois, vigia com cuidado;
guarda teus lábios e também teus passos,
não tenhas por verdade o que é falsificado,
atento a evitar a vida os muitos laços.
Pois a vida é bela e em muita luz explode pra quem faz sempre o melhor que pode.

“Ninguém que, tendo posto a mão no arado, olha para trás, é apto para o reino de Deus.” Lucas 9:62