segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Boas coisas da oração

Atos 9:10-19

Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus (Fp 4.6).

Em Mateus 7.11, encontramos a afirmação: “o Pai de vocês, que está no céu, dará coisas boas aos que lhe pedirem”. É fato que se orarmos a Deus, colocando diante dele nossas petições e agradecimentos seremos abençoados. Que boas coisas são estas?

Pela oração vem a luz para os nossos caminhos. O aposento da oração é lugar de revelação. Como ao entrar num quarto escuro e apertar o interruptor, logo temos luz. Encontramos na Bíblia vários exemplos de pessoas que enquanto oravam tiveram suas vidas transformadas. Em Atos 9:11-19, Paulo estava em oração quando Ananias, enviado por Deus, o procurou. Depois daquela oração sua vida não foi mais a mesma. Quando ele abriu os olhos passou a enxergar o mundo de forma diferente. Grandes coisas são anunciadas por Deus a nós na oração.
Por meio da oração também somos levados à submissão. A sabedoria que Deus nós dá enquanto oramos nos faz enxergar quando estamos pedindo a Deus alguma coisa em desacordo com Sua vontade. Assim abandonamos a nossa própria vontade e nos submetemos à vontade de Deus. A prática da oração nos ensina orar corretamente. Paulo orou várias vezes pedindo que Deus tirasse o que ele chamava de “espinho na carne”, mas sua oração mudou depois que Deus lhe disse: “a minha graça te basta”. Sua oração não era mais pedindo livramento, mas um agradecimento a Deus dizendo que de boa vontade se gloriaria nas fraquezas (II Cor. 12:8,9).
Outra das "boas coisas" que Deus nos concede na oração é a Paz (Fil. 4:6,7). Quando oramos encontramos luz, aprendemos a ser submissos e ficamos cheios de paz. Quem ora recebe a paz no lugar da ansiedade. Filipenses 4.6 diz que não devemos andar ansiosos, mas colocar tudo diante de Deus em oração. A promessa para quem fizer isso é que a paz de Deus guardará seus corações e mentes. A oração acalma o aflito coração. 


Boas coisas da oração: sabedoria, humildade, paz e muito mais.

Rev. Hebert dos Santos Gonçalves