quarta-feira, 22 de junho de 2016

Procura-se um amigo!

Provérbios 27.5-10 

Quem ama a sinceridade de coração e se expressa com elegância será amigo do rei (Pv 22.11). 

Não é fácil encontrar um bom amigo. Existem até expressões como “amigo da onça”, “mui amigo”, “com um amigo como este não preciso de inimigos”, entre outras. Alguns têm amigos por interesse. Só são amigos de pessoas importantes ou que tenham melhor condição financeira. Outra característica que tem atrapalhado a amizade é o individualismo. Pessoas vivem em seu mundo, sem espaço para mais ninguém. Têm medo de se aproximar dos outros e perder algo com essa aproximação. Mesmo existindo vários problemas que podem surgir nos relacionamentos, é preciso acreditar que ainda existe amizade verdadeira. Temos de tomar cuidado com os falsos amigos, mas não buscar o isolamento com medo de fazer amizades.
Para fazer uma amizade verdadeira é necessário disposição em amar aquele amigo, servi-lo sem esperar troco, demonstrar compaixão, ser gentil e sincero com ele. Um amigo é alguém com quem temos liberdade para dar conselhos. Ensiná-lo no que já temos de experiência. Quando temos alguém como amigo, alegramo-nos com sua alegria e ficamos tristes com sua tristeza. Existe um cuidado que deve ser tomado. Não é porque alguém é nosso amigo que devemos revelar tudo sobre a nossa vida a ele. Algumas coisas não acrescentarão nada se as compartilharmos. E podem ser revelados a outros de forma alterada, prejudicando-nos. Um segredo que você só conta para o seu melhor amigo pode ser o segredo que ele vai contar para o melhor amigo dele. Dessa forma, cada pessoa contando para um melhor amigo, o segredo vai rapidamente ficar conhecido por todos. É importante ter bons amigos. Talvez sejam poucos, mas serão amigos mais chegados que irmãos. Mas lembre-se, o maior amigo que podemos ter é Deus, o verdadeiro Amigo. Seja amigo de Deus, nele podemos confiar. 


As melhores amizades são as que têm Deus como grande Amigo comum.