domingo, 3 de julho de 2016

Revistam-se

Romanos 13.11-14 

Afastese do mal e faça o bem; busque a paz com perseverança (1Pe 3.11). 

Uma fábula conta que um navio estava no mar há meses e os marujos não tomavam banho nem trocavam de roupa. O capitão chamou o imediato e ordenou: – O navio fede. Mande os homens trocarem de roupa! O imediato, obediente, partiu para reunir os homens e lhes disse: – Marinheiros, o capitão está se queixando do fedor a bordo e manda que todos troquem de roupa. Davi, troque de camisa com João; João, troque a sua com Pedro; Pedro, troque a sua com Alfredo; Alfredo, troque a sua com Jônatas... e assim por diante. Quando todos tinham feito as devidas trocas, o imediato relatou ao capitão: – Senhor, todos já trocaram de roupa. Visivelmente aliviado, o capitão manda prosseguir a viagem.
Esta fábula mostra uma atitude estranha: o capitão aceitou, aliviado, a troca de roupas sujas por outras também sujas. É claro que o mau cheiro não diminuiu, mas o simples trocar de roupas foi uma atitude suficiente para que ele mandasse prosseguir a viagem. Esta atitude absurda não é tão incomum assim. Muitas vezes percebemos que algo está errado em nossa vida. No entanto, em vez de passar a fazer o que é certo, apenas trocamos uma atitude errada por outra – também errada. Em outras ocasiões, até trocamos a roupa suja por uma limpa, mas logo a sujamos novamente, num ciclo sem fim. Isso ocorre quando reconhecemos nossos erros e depois voltamos a praticálos novamente. 
O texto da leitura nos manda trocar de roupa. Ele diz: “Revistamse”. Mas não é para trocar por outra roupa suja, tentando satisfazer desejos ainda não experimentados. A palavra diz: “Revistamse do Senhor Jesus Cristo”. Colocar as vestes de Jesus significa vestir bondade, fidelidade, mansidão, santidade. 
Já é hora de perceber que não dá para prosseguir a viagem com o mau cheiro do pecado e dos nossos desejos egoístas. Precisamos retirar as roupas sujas e vestir as vestes limpas de Cristo.


Quando permitimos que Jesus limpe nosso coração, também o nosso comportamento mudará para melhor.