quarta-feira, 6 de julho de 2016

Sabedoria

Provérbios 8

O temor do Senhor é o princípio da sabedoria, e o conhecimento do Santo é entendimento (Pv 9.10).

Os ensinamentos deste capítulo dignificam e apresentam-nos a maravilha da sabedoria. Chegamos a não entender mais como existem tantas falhas e problemas nesta pobre e desviada humanidade, nem como podemos viver longe da Sabedoria que a todo momento nos alerta para a vida. Há uma pergunta muito interessante no texto: Quem bate à sua porta? Será o carteiro, o vizinho, o político, o evangélico, o calor, o cansaço, ou será a sabedoria? “A vocês, homens, eu clamo, e a todos levanto a minha voz” (v.4). Quantas vezes por dia somos chamados à sabedoria, chamados a pensar, a entender e viver a vida com os pés no chão. E quantas vezes não ouvimos a voz do entendimento.
Jesus é a sabedoria e está clamando ao coração dos filhos de Deus. Você está ouvindo o seu clamor, a sua voz?
Esta é a pergunta inicial do texto: o autor quer saber se existe vida em nós. Como você tem ouvido este chamado? Muitos de nós passamos muito tempo de nossas vidas ouvindo da pior forma possível, que é ignorando o que se ouve. É como se a sabedoria batesse à sua porta, e você de dentro perguntasse: “Quem é?” E ela, respondendo quem era, você de dentro diria: “Volte outra hora, agora não!” Muitas vezes queremos que a sabedoria volte outra hora ou até que não venha nos perturbar. Já temos até uma lista de desculpas para cada visita da sabedoria. São muitas as visitas da sabedoria: no cume das montanhas, nos lugares altos, muito bons para meditar, pois altura lembra Deus e sabedoria; junto ao caminho: ao caminhar, no andar da vida, no momento de tomar decisões sobre a direção para o caminhar, refletindo nos mandamentos de Deus; à entrada das portas: no abrigo, na comunidade, nas cidades. A sabedoria não escolhe um grupo seleto para conversa. Muitas vezes ela fala ao mais ignorante dos homens. Fala a nós independentemente de quem somos - ela depende de Deus e não de nós. 


Em todo momento, em todo lugar, somos chamados à sabedoria que vem do temor a Deus.