quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Adorando

Salmo 96.9-13

Deus é espírito, e é necessário que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade (Jo 4.24).

Nós fomos criados para ser adoradores. Seres humanos, na essência de sua natureza, são adoradores.  O escritor David Tripp disse: “adoração não é simplesmente algo que fazemos - ela define quem somos. Você não consegue dividir os seres humanos em dois grupos, os que adoram e os que não adoram. Todos adoram; é só uma questão do que e a quem servimos”.  
Viver tem como uma reação natural a atração para o servir alguma coisa ou alguém. Às vezes adoramos a nós mesmos, ao mundo e suas maravilhas, desviando o verdadeiro foco que é servir a Deus. 
A quem servimos? Para onde estamos direcionando nossa adoração? A resposta a estas perguntas está relacionada com o tempo que dedicamos à vida de piedade. Lendo biografias de alguns servos do Senhor podemos identificar que eles tinham a preocupação de dedicar tempo para a oração e o estudo da Palavra. Era uma necessidade deles ficar a sós com Deus. Não era de forma alguma uma tarefa cansativa ou uma atividade que tomasse o tempo deles. Estar com Deus era um prazer e por isso uma adoração espontânea. Não era esforço, mas parte da vida deles, como o respirar. Um exemplo disto é Jorge Whitefield, um grande pregador que passava noites inteiras lendo a Bíblia, que muito amava. Sempre orava por algumas horas seguidas. Consagrou a vida completamente a Cristo. Em sua agenda, dividia o dia em três partes: oito horas sozinho com Deus e em estudos, oito horas para dormir e as refeições, oito horas para o trabalho entre o povo. 
Mesmo assim ele não se achava um super crente. Certa vez disse: “A minha alma está seca como o deserto.”
A quem servimos? Esta é uma pergunta que precisamos responder com seriedade. Precisamos deixar tantas atividades que ocupam nosso tempo e desta forma ocupam o centro da nossa vontade. É preciso perceber a grandeza da santidade e poder de Deus e nos sensibilizar a servi-lo mais intensamente. 


Adore o Senhor, o seu Deus.