quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Chove adiante

2 Coríntios 12.9-10

Conheçamos o Senhor; esforcemo-nos por conhecê-lo. Tão certo como nasce o sol, ele aparecerá; virá para nós como as chuvas de inverno, como as chuvas de primavera que regam a terra (Os 6.3).

Lutar contra certas coisas que só passam com o tempo é desperdiçar sua energia. Uma curtíssima história chinesa ilustra bem isso: No meio do campo, começou a chover. As pessoas corriam em busca de abrigo, exceto um homem, que continuava a andar lentamente.
- Por que você não está correndo? - perguntou alguém.
- Porque também está chovendo na minha frente - foi a resposta.
Em certos momentos temos que esperar a chuva passar. Só a certeza de que a chuva vai passar é um grande alento para nós. É certo que as tempestades dos problemas irão dar lugar para as chuvas de bênçãos. Os problemas não devem nos assustar, eles nos aproximam mais de Deus.  Na fraqueza conhecemos uma nova força, o poder de Cristo em nós. E por mais estranho que pareça podemos dizer como Paulo: Regozijo-me nas minhas fraquezas. 
Nestes momentos experimentamos bem de perto a graça de Deus.  Veremos que ainda que nos falte muita coisa, a graça de Deus é o que precisamos. Nossa visão sobre o que é realmente importante muda radicalmente. Aprendemos a buscar o que é melhor e valorizar pequenos momentos. As pessoas se tornam mais importantes, o tempo é aproveitado com o que é edificante. Nosso esforço tem um foco, conhecer a Deus. 
Portanto não pare, não desista, não entre em colapso diante dos problemas acredite que o momento que você se torna realmente forte não é quando tudo parece bem, mas quando você percebe que sua força depende realmente de Deus. 
Deus se importa conosco. Muitos, que aparentemente são fortes, pelo seu egoísmo e distanciamento de Deus serão abatidos. Enquanto que aqueles, mesmo passando por muitas dores, esperam no Senhor, serão revestidos de renovação e força. “O arco dos fortes é quebrado, mas os fracos são revestidos de força. 1 Samuel 2.2


Quando somos fracos é que somos fortes, pois Deus nos carrega em seus braços.