domingo, 21 de agosto de 2016

Mais que torcedores

Romanos 8.37-39

Adore o Senhor, o seu Deus, e só a ele preste culto. (Mt 4:10)  

A cada dia vemos mais pessoas que buscam a fama a qualquer preço e, para tanto, mais pessoas se dispõem a ser fã, admirador e adorador.
Não é errado admirar uma pessoa pelo seu trabalho e pelas qualidades que demonstra, mas tudo tem limite. O que acontece geralmente é um culto à personalidade e uma luta em que vale tudo para alcançar um lugar de destaque.
Isso não tem acontecido apenas no mundo secular. Muitas igrejas estão também exaltando seus líderes, bandas, denominações. Existe fã clube de vários cantores; agendas, camisetas, fachadas de prédios e até Bíblias exaltando personalidades. Será que não estamos passando dos limites? 
O que acontece é que o homem, no seu estado vazio e deprimido, procura uma saída para sua dor e necessita de algo que ele possa tocar, ver, sentir. Assim ele tem a tendência constante de escolher para si aquilo que está em evidência, o que é moda, e relacionar-se, identificar-se com aquilo. Quando alguém torce por algum time e este ganha um jogo, ele se sente um vencedor. Assim, quando fazemos parte de uma denominação ou admiramos alguém que está em evidência, nos sentimos melhores e vitoriosos. Temos então a tendência do exagero, exaltando pessoas, pois quanto maior for a pessoa, mais nós ganhamos e nos sentimos melhores. 
Assim começa a nossa dependência dos homens e o afastamento de Deus. A mensagem bíblica é clara: “Ao Senhor Deus adorarás e só a Ele darás culto” (Mt. 4:10). É preciso lembrar que somente Deus deve ser adorado. Sempre é perigoso qualquer excesso de admiração que acaba se transformando em adoração a personalidades. Todos somos iguais e todos pecadores. Bom é somente Deus. Precisamos nos afastar desta dependência de pessoas. Compreender que Deus coloca em cada um de nós diferentes capacidades que serão usadas para um fim proveitoso. Para nos sentirmos melhores não é preciso exaltar pessoas, mas glorificarmos a Deus. 

Somos mais do que torcedores somos vencedores em Cristo Jesus.