sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Desistir?

Hebreus 12.1-3

Este é o dia em que o Senhor agiu; alegremo-nos e exultemos neste dia (Sl 118.24).

A maioria dos atletas olímpicos é lembrada por suas vitórias - ou seja, por medalhas de ouro. Mas um brasileiro ficará eternizado na história dos Jogos por sua atitude exemplar diante de um fato surpreendente e inusitado na Olimpíada de 2004, em Atenas.  Vanderlei Cordeiro de Lima liderava a prova até o 36° quilômetro, a seis do final, quando foi atacado pelo ex-sacerdote Cornelius Horan, que invadira a pista. O golpe do fanático religioso irlandês derrubou o atleta, que teve de ser socorrido por alguns espectadores, numa das cenas mais lamentáveis e, ao mesmo tempo, emocionantes da história das Olimpíadas. Vanderlei perdeu fôlego, perdeu tempo, perdeu concentração e duas posições na prova, mas ainda assim, não desistiu. Conseguiu completar a maratona em terceiro lugar. Ao entrar no estádio Panathinaiko, ele foi aplaudido de pé pelos torcedores que esperavam por sua chegada, e vibraram mais do que quando o italiano Stefano Baldini terminou o percurso na primeira colocação.
Muitos são os motivos para desanimar. Não é fácil viver, não é fácil enfrentar a dor, as doenças, as tentações, os problemas financeiros, a solidão etc. Mas se desistirmos é certo que seremos derrotados. Enfrentar os problemas e, com a ajuda de Deus, superá-los é nossa única esperança de encontrar a vitória.
Os problemas sempre existirão. Estranho seria não passarmos por dificuldades.  Como existem os problemas, também existem as soluções para eles. Como existe a dor, existe o consolo e a paz de Deus nestes momentos de tribulação.
Também é sempre importante lembrar. É através das dificuldades e não das facilidades que somos fortalecidos para uma vida melhor. Como disse Edwin Louis Cole em seu livro “Vencedores Nunca Desistem”: “Nunca são as circunstâncias, mas sim as nossas reações a elas que determinam nosso futuro. Vencedores não são aqueles que nunca falham, mas os que nunca desistem!”


O que fazemos diante da crise? Lutamos, confiamos e vencemos.