segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Discernimento

Apocalipse 3.15-18

Então vocês verão novamente a diferença entre o justo e o ímpio, entre os que servem a Deus e os que não o servem (Ml 3.18).

Um açougueiro estava em sua loja e ficou surpreso quando um cachorro entrou. Ele espantou o cachorro, mas logo o cãozinho voltou. Novamente ele tentou espantá-lo, foi quando viu que o animal trazia um bilhete na boca. Ele pegou o bilhete e leu: - 'Pode me mandar 12 salsichas e uma perna de carneiro, por favor. Ele olhou e viu que dentro da boca do cachorro havia uma nota de 50 Reais. Então ele pegou o dinheiro, separou as salsichas e a perna de carneiro, colocou numa embalagem plástica, junto com o troco, e pôs na boca do cachorro. O açougueiro ficou impressionado e como já era mesmo hora de fechar o açougue, ele decidiu seguir o animal. O cachorro desceu a rua, quando chegou ao cruzamento esperou pacientemente com o saco na boca até que o sinal fechasse e ele pudesse atravessar a rua.
O açougueiro e o cão foram caminhando pela rua, até que o cão parou em uma casa e pôs as compras na calçada. Então, voltou um pouco, correu e se atirou contra a porta. Tornou a fazer isso. Ninguém respondeu na casa. Então, o cachorro circundou a casa, pulou um muro baixo, foi até a janela e começou a bater com a cabeça no vidro várias vezes. Depois disso, caminhou de volta para a porta, e foi quando alguém abriu a porta e começou a bater no cachorro. O açougueiro correu até esta pessoa e o impediu, dizendo:
-'Por Deus do céu, o que você está fazendo? O seu cão é um gênio!'
A pessoa respondeu: - 'Um gênio? Esta já é a segunda vez esta semana que este estúpido ESQUECE a chave !!!' Moral da História: Você pode continuar excedendo às expectativas, mas para os olhos de alguns, você estará sempre abaixo do esperado’.
O mais importante sempre é conhecer o conceito que Deus tem sobre nós. Este conceito de Deus é o mesmo que devemos ter de nós mesmos. Não se acomode com elogios nem se desespere com as críticas procure a verdade.  
A igreja de Laodicéia tinha um alto conceito de si mesmo: ‘Estou rica, adquiri riquezas e não preciso de nada’. Enquanto Deus disse que ela era miserável, digna de compaixão, pobre, cega e que estava nua.  
Se apenas olharmos para o que as pessoas dizem podemos encontrar vários conceitos sobre nós. Uns podem elogiar, outros nos depreciar. Se olharmos apenas para o que pensamos a respeito de nós mesmos, também podemos em um momento achar que somos os piores, e em outro momento pensar que somos melhores do que os outros. 

Só existe uma forma correta: ouça o que Deus tem a dizer sobre você.