segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Ganhei tudo

Lucas 17.11-19

"Pois, quem torna você diferente de qualquer outra pessoa? O que você tem que não tenha recebido? E se o recebeu, por que se orgulha, como se assim não fosse?" (I Co 4.7)

A gratidão tem se tornando uma virtude rara. O individualismo e o orgulho tem feito as pessoas perderem a consciência da dívida que tem para com Deus e com o próximo. A falta de gratidão nos mantém prisioneiros do consumismo. Ingratidão gera a sensação constante da falta de alguma coisa. Interessante que ela gera ao mesmo tempo um sentimento de poder e auto suficiência. Passamos a acreditar que podemos pagar por tudo. Pensar que tudo o que temos foi obtido por uma conquista pessoal.  Ignoramos o quanto recebemos. 
Pense: como pagar pelo que nossos pais, amigos e até desconhecidos fizeram por nós? Quanto custaria a satisfação de olhar as nuvens do céu e contemplar um pôr do sol? O senso de direito e posse tem tirado das pessoas a consciência da necessidade de gratidão. Encontramos muito mais pessoas lutando por seus direitos do que a humildade de se colocar na presença de Jesus em gratidão. Quando ouvimos a história bíblica dos dez leprosos curados por Jesus e apenas um volta para agradecer, ficamos indignados. Pensamos como aqueles homens foram tão ingratos depois que Jesus realizou tão grande benção na vida deles. Mas nós também somos ricamente abençoados por Jesus todos os dias e nem sempre agradecemos. 
Tudo o que temos é porque Deus nos deu. Quem diz que não ganhou algo, mas comprou com o dinheiro de seu trabalho, esquece que quem lhe deu forças para trabalhar foi Deus. Esquece que tudo pertence ao Senhor, até ele mesmo. Paulo sabiamente levanta essa questão: “Que tens tu que não tendes recebido? E, se o recebeste, por que te vanglorias, como se não tiveras recebido?”. Grande verdade é exposta aqui. Tanto a vida como tudo o que temos recebido nela não tem sua origem em nós mesmos. Saber disso transforma a nossa vida, gera gratidão, nos faz mais humildes e solidários. 


Não esqueça, tudo que você tem você ganhou.