quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Favoritismo

Tiago 3.13-18

O temor do Senhor ensina a sabedoria, e a humildade antecede a honra (Pv 15.33).

Conta-se uma história que diz: Um homem rico, sentindo que ia morrer, pediu papel e pena e escreveu assim: Deixo os meus bens à minha irmã não a meu sobrinho jamais será paga a conta do alfaiate nada aos pobres. Não teve tempo de pontuar, e morreu. A quem ele deixava a fortuna que tinha? Eram quatro os concorrentes.
Chegou o sobrinho e fez estas pontuações numa cópia do bilhete: Deixo os meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho. Jamais será paga a conta do alfaiate. Nada aos pobres.
A irmã do morto chegou em seguida, com outra cópia do escrito, e pontuou-o deste modo: Deixo os meus bens à minha irmã. Não a meu sobrinho. Jamais será paga a conta do alfaiate. Nada aos pobres.
Surgiu o alfaiate que, pedindo cópia do original, fez estas pontuações: Deixo os meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho? Jamais! Será paga a conta do alfaiate. Nada aos pobres.
O juiz estudava o caso, quando chegaram os pobres da cidade, e um deles, mais sabido, tomando outra cópia, pontuou-a assim: Deixo os meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho? Jamais! Será paga a conta do alfaiate? Nada! Aos pobres!
Esta história ilustra muito bem a busca humana por alto favorecimento. Se não tomarmos cuidado, se não aprendermos a olhar para as necessidades do próximo, se não formos humildes, estaremos pontuando as frases da vida sempre com interesse próprio. No lugar de ganhar alguma vantagem através de uma pontuação própria, nossa postura deve ser buscar a sabedoria que é ensinada no temor do Senhor. Precisamos lembrar que a soberba precede a ruína, a humildade antecede a honra. O egoísmo do favoritismo só causa discórdias. Como é doente um coração que guarda inveja e ambição egoísta. Viver assim e agir conforme a sabedoria do mundo. Devemos buscar a sabedoria do alto que é pura, pacífica, amável, compreensiva. Como enxergamos e pontuamos as frases de cada dia? 


Semeie paz e sinceridade e colha bons frutos.