quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Praticai

Romanos 12.9-19

Ponham em prática tudo o que vocês aprenderam, receberam, ouviram e viram em mim. E o Deus da paz estará com vocês. (Fp 4.9)

Conta-se que duas pulgas conversavam:
- Sabe qual é o nosso problema? Nós não voamos, só sabemos saltar. Daí nossa chance de sobrevivência, quando somos percebidas pelo cachorro, é zero. 
E elas então resolveram contratar uma mosca como consultora, entraram num programa de reengenharia de voo e saíram voando. Passado algum tempo, ainda não contentes com o resultando, continuaram buscando progresso. Contrataram uma abelha que lhes ensinou a técnica do chega-suga-voa. Funcionou, mas não resolveu. Aprenderam então com os pernilongos como fazem para se alimentar com rapidez e incrementaram o tamanho do abdômen. Mas agora estavam com muita fome, grandes e lentas o que dificultava chegarem perto do cachorro.  
Foi aí que encontraram uma saltitante pulguinha:
- Ué, vocês estão enormes! Fizeram plástica?
- Não, reengenharia. Agora somos pulgas adaptadas. E você?
- Ah, eu vou bem, obrigada. Forte e sadia.
- Mas você não está preocupada com o futuro? Não pensou em uma reengenharia?
- Pensei, sim! E fui conversar com a minha avó que disse: Não mude nada. Apenas sente no cocuruto do cachorro. É o único lugar que a pata dele não alcança.
Precisamos evoluir, mas tem certas coisas que fazer com simplicidade é muito melhor. Quanto à vida espiritual, podemos aprender sempre com nossa velha Bíblia que nos ensina: Medita de dia e de noite na lei do Senhor, entra no teu quarto e fechada a porta orarás em secreto, cante louvores, agradeça a Deus por tudo, não temas. 
Qual o problema com nossa adoração e nossos cultos? A falta de um telão, modernidade ou os dois joelhos no chão? Nosso louvor precisa de novos instrumentos “ungidos” ou um coração contrito? Precisamos de uma campanha de um mês, subir ao monte cinco horas da manhã ou um culto racional em que nos apresentamos diariamente como um sacrifício vivo, santo e agradável a Deus?


Melhor do que grandes novidades é por em prática o que já sabemos.