domingo, 16 de abril de 2017

Ressurreição na prática

1Coríntios 5.6-8 

“Portanto, se fostes ressuscitados juntamente com Cristo, buscai as coisas lá do alto, onde Cristo vive, assentado à direita de Deus” (Cl 3.1).

A questão é bem simples. Cristo, nossa páscoa, foi sacrificado por nós e  portanto devemos andar em sinceridade e verdade. Quem foi ressuscitado com Cristo, ou seja quem pela ressurreição de Cristo recebeu o direito de ressuscitar no último dia.  Deve também viver para Cristo. Se interessar e pensar nas coisas do céu para onde vai, onde Cristo está. Agostinho disse: “O Cristão deve saborear o que está no alto, não o que está sobre a terra. Até quando és terra e à terra tornarás? Até quando lambes a terra?”
Jesus disse (Lc 22.35-38): “Quem não tem espada, venda a sua capa e compre uma”. Ele diz que em nossa caminhada não devemos nos preocupar com a capa, com as vestes deste mundo, com as coisas que são aqui da terra. Mas compre uma espada, se envolva na batalha de sua vida, busque a espada do espírito que é a palavra de Deus. 
Ele já ressuscitou e sua ressurreição é o penhor da nossa ressurreição. Temos uma ressurreição garantida! Para que esta seja nossa realidade, somos chamados à permanecer em Cristo. Se participamos da ressurreição e recebemos esta mensagem com alegria também recebemos as demais palavras de Jesus. Somos chamados para a ressurreição ainda em vida. Ressurreição na prática que é vista no fruto do novo nascimento. 

Temos um compromisso com a palavra em seu todo.