quinta-feira, 6 de abril de 2017

Sempre atento

1Pedro 5.8-11

“Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, depois de terdes vencido tudo, permanecer inabaláveis” (Ef 6.13).

Ouvi dizer que quando é levado para o abatedouro, ao pressentir a morte, o boi contrai seus músculos. Por isso, os frigoríficos mantêm uma área ao lado de seu matadouro onde o gado fica "descansando" por determinado tempo, para depois ser abatido. Se for morto diante da expectativa criada quando chega ao frigorífico, o boi libera certa toxina que contamina a carne, além de deixá-la mais dura. 
De forma semelhante, uma pessoa que sabe que o inimigo quer feri-la, vai recuar. O inimigo, sabendo disso, tenta sempre pegá-la de surpresa, tenta convencer aos poucos de que o mal é bom. Interessante sua astúcia. Para convencer alguém a praticar o mal, ele faz com que o mal pareça um passeio pelo pasto, enquanto a realidade é um caminho para o matadouro. O inimigo muitas vezes consegue sucesso. Nos convence a pecar e sob nossa influência outros também pecam. No caso de Eva e seu marido Adão foi exatamente isso que aconteceu. A serpente enganou Eva e Eva ofereceu o fruto proibido a Adão. 
O tempo todo devemos ficar alertas. O texto diz que devemos ser sóbrios e vigilantes, sempre. A vitória só é daquele que resiste e enfrenta o inimigo, firme na fé. A vitória é daquele que guarda no coração a verdade de Deus. Devemos vigiar e orar para não cair em tentação. A promessa de Deus é não permitir que sejamos tentados além das nossas forças. 


Você está dormindo ou vigiando?