quinta-feira, 4 de maio de 2017

Caminho do justo

Salmo 1

“Como é feliz quem teme o Senhor, quem anda em seus caminhos” (Sl 128.1).

O Salmo 1 nos apresenta a diferença entre luz e trevas, justo e ímpio, do que teme a Deus e do que não o teme. Ele fala sobre uma vida realmente viva, bem-aventurada, de alguém que é bem sucedido em tudo o que faz. Para isso, há algumas recomendações: Cuidado com as más companhias. "Bem-aventurado o homem que não anda no conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta à roda dos escarnecedores" (v.1). As más companhias acabam por levar uma pessoa para o mau caminho. A Palavra de Deus adverte: as más conversações corrompem os bons costumes (1Co  15.33).
Cuidado com o que abastece o seu coração. "O seu prazer está na lei do Senhor e nela medita de dia e de noite" (v.2). Muitas pessoas se queixam de enfraquecimento na fé, desânimo espiritual. Geralmente o que abastece o coração destas pessoas é a televisão, internet, fofocas, amargura. Abasteça o coração com a Palavra e encha-se de esperança, graça e amor!
Permaneça na presença de Deus. O Salmo diz que "Ele é como árvore plantada junto a corrente de águas" (v.3). Aproxime-se de Deus. Seja alimentado por ele. Fortifique as suas raízes. Com o tempo, as raízes crescem e a diferença está aí, nas estruturas. Seja como uma árvore com raízes em profundidade. No tempo certo colherá os frutos. 

A casa edificada sobre a rocha não caiu.