sexta-feira, 9 de junho de 2017

Grandes maravilhas

Salmo 147.5-11

“Porque o Pai ama ao Filho, e lhe mostra tudo o que faz, e maiores obras do que estas lhe mostrará, para que vos maravilheis” (Jo 5.20).

Um grupo de estudantes tinha que fazer uma lista das coisas que eles consideravam hoje as Sete Maravilhas do Mundo. Depois de algumas discordâncias, foi feita uma lista com as mais votadas: Pirâmides do Egito, Taj Mahal, Grand Canyon, Canal do Panamá, Empire States Building, Basílica de São Pedro e Muralha da China. Enquanto os votos eram recolhidos, a professora notou que uma aluna não tinha entregue o seu papel ainda. Ela veio na sua direção e lhe perguntou se ela estava tendo dificuldades. “É, um pouco...”, respondeu a menina. “Eu não consegui me decidir, porque são tantas as maravilhas.” Então a professora disse-lhe: “Leia sua lista para nós... vamos ver se podemos ajudá-la”. A menina hesitou um pouco, e leu: “Eu acho que as Sete Maravilhas do Mundo são: ver, ouvir, tocar, saborear, sentir, rir e amar”. Houve um silêncio profundo na sala de aula.
A beleza na resposta desta menina está nela perceber que as grandes maravilhas não estão na obra humana, na grandiosidade das construções. As grandes maravilhas estão naquilo que Deus faz. Mais do que ficarmos maravilhados por tantas coisas que encontramos no mundo, devemos nos alegrar e nos maravilhar pelo cuidado de Deus para com a nossa vida. Deus sustenta nossa saúde física e também espiritual. É maravilhoso sentir a presença de Deus agindo em cada situação. 


Grandes são as obras do Senhor todo poderoso.