segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Ansiedade

Mateus 6.25-34

“Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós” (1Pe 5.7).

Muitos são os motivos da ansiedade. Os irmãos de José ficaram ansiosos quando ele disse: “Trazei vosso irmão mais novo” (Gn 42.20). Ana estava ansiosa quando pedia a Deus por um filho (1Sm 1.16). Davi, confessando seus pecados, estava muito ansioso (Sl 38.9). Mesmo sendo muitos os motivos que podem nos fazer ansiosos, não devemos nos acostumar com este estado de ansiedade. Algumas pessoas chegam a dizer: “eu sou uma pessoa ansiosa”. Ansiedade, na Bíblia, é considerada pecado. Jesus disse que não devemos andar ansiosos. Não podemos viver dependentes de remédios para ter um pouco de paz. Duas amigas tiveram uma conversa interessante: Uma contou que estava tomando um remédio fitoterápico para aliviar a tensão e a ansiedade. A outra amiga disse a ela que conhecia um remédio natural, o melhor que já viu. E ela perguntou: Que remédio é esse? A amiga disse: “Bem, é uma fórmula. Você precisa entrar em um quarto escuro, segurar as mãos e falar assim: Deus, Criador de tudo, me ajuda na minha incredulidade de que o Senhor cuida de mim!” 
Alguém pode até passar por problemas e precisar tomar algum remédio para a ansiedade por algum tempo. Mas é certo que Deus precisa estar incluído no tratamento. Jesus é o único capaz de curar nossa alma. Cuidar de nós, trazer a paz, restituir nossa alegria e nos deixar bem calminhos. Entrega teu caminho ao Senhor e descanse. 


Leve seus problemas a Deus, antes mesmo de contar a você mesmo.