domingo, 8 de outubro de 2017

Jesus compadece

Salmos 31.1-9

“Jesus, vendo-o deitado e sabendo que estava assim há muito tempo, perguntou-lhe: Queres ser curado?” (Jo 5.6).

Nunca é demais lembrar que Deus conhece o nosso sofrimento. Ele sabe tudo a nosso respeito. Nossas necessidades, nossas expectativas, ele as conhece todas. Ele não só conhece, como se compadece. Ele é aquele que se dirige a nós com amor. Com misericórdia, estende sua mão. Ele sabe o quanto precisamos dele. 
Em nosso texto base encontramos um homem que estava enfermo já havia 38 anos. Jesus perguntou-lhe: “Queres ser curado?” Depois lhe disse: “Levanta-te e anda”. Interessante que a esperança daquele homem não estava em Jesus. Tanto que, quando Jesus perguntou se ele queria ser curado, ele respondeu: “Não tenho ninguém que me ponha no tanque”. Mesmo assim Jesus o curou. Às vezes estamos prostrados diante de algum problema, sem esperanças. Acreditamos que nossa solução está na ajuda dos outros. Ou já esperamos por tanto tempo que nem mais acreditamos que algo bom venha a acontecer. Mesmo assim Jesus se compadece. Nem sempre vamos até ele, mas ele nos vê prostrados e nos convida a levantar. Deus não se esquece da aliança que fez conosco. Apesar de nossa miséria, ele se aproxima de nós com a multidão de suas misericórdias. Jesus nos vê como ovelhas aflitas e exaustas, sem pastor, ele não nos deixa só, se faz nosso pastor. Queres ser curado? Jesus conhece o seu problema e se compadece dele.


Volta-te para mim, Senhor, e compadece-te de mim; concede a tua força ao teu servo.